Calcinha pode evitar surpresas naqueles momentos difíceis

Que atire a primeira pedra a mulher que nunca foi surpreendida com a chegada da menstruação e estava sem absorvente.

Encontrar uma roupa que não marque o absorvente, se policiar para que a calça não fique manchada, separar o remédio de cólica, a quantia exata de absorvente que vai utilizar e outras muitas preocupações fazem parte da rotina mensal das mulheres.

Mas, a calcinha que pretende revolucionar a relação das mulheres com a menstruação já está no mercado. Basta procurar, perguntar, que acha.

O primeiro modelo de calcinhas absorventes do mundo foi criada recentemente em Nova Iorque, pelas amigas Miki, Radha e Antonia.

A ideia surgiu de uma necessidade: uma delas estava em uma reunião de trabalho e foi surpreendida com a chegada da menstruação e para piorar ela não estava prevenida. Foi assim que elas começaram a pesquisar sobre calcinhas capazes de conter o fluxo menstrual e que fossem a prova de manchas.

Até então, não existia nenhum produto parecido no mercado e foi apenas depois de três anos de muita pesquisa de tecnologia e design que o produto milagroso foi inventado.

Como funciona – O forro da calcinha é composto por quatro camadas, a primeira delas garante que a pele fique seca, a segunda é responsável por matar germes e bactérias, o terceiro retém o líquido e o último impede o vazamento

Atualmente existem três modelos de calcinhas diferentes. A maior é capaz de reter o equivalente a cinco colheres de chá, o que pode ser comparado a dois absorventes internos médio.

Os ciclos variam da intensidade de mulher para mulher, então a calcinha deve ser adaptada conforme a realidade de cada uma. Para aquelas que possuem pouco fluxo, a calcinha pode ser utilizada sem nenhum outro complemento. Já nos casos de fluxo intenso é recomendado que seja utilizado em conjunto um coletor ou absorvente interno.

O melhor de tudo é que além de segura, a calcinha é reutilizável.

Natália Noccele
Carolina Paiva - Notibras

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo