Participantes do #BoraVencer chegam à rede de ensino

Educadores, como a pedagoga Grazielle Sousa, aprovados no concurso de 15 de janeiro, começaram a trabalhar nessa sexta-feira (10).

Recém-formada em pedagogia, Grazielle Sousa, de 36 anos, assumiu nesta sexta-feira (10) um cargo temporário na Secretaria de Educação do Distrito Federal. Aprovada em concurso, ela vai ocupar uma das 6 mil vagas na rede pública neste ciclo letivo. “Vai ser uma ótima experiência poder transmitir meu conhecimento para esses estudantes”, comemora a educadora lotada na Escola Classe 8 do Guará.Participante do #Bora Vencer, a pedagoga Grazielle Sousa, de 36 anos, foi aprovada em concurso e assumiu um cargo temporário na Escola Classe 8 do Guará. Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Grazielle está entre as 2,4 mil participantes do projeto #BoraVencer Concursos, da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude. Ela integra o grupo de 414 candidatos que assistiram ao aulão preparatório em 8 de janeiro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. “Para mim contribuiu demais, pois ajudou a sanar aquelas dúvidas que sempre persistem até momentos antes da prova”, conta a moradora do Guará.

As lições se destinaram à preparação dos candidatos ao concurso promovido em 15 de janeiro. “Tivemos quase 20% de aprovação”, frisa a subsecretária da Juventude, Aline Bezerra.
"É um resultado expressivo que nos deixa bastante motivados para seguir aprimorando as políticas públicas"Aline Bezerra, subsecretária da Juventude

Ela considera que o programa está no rumo certo. “É um resultado expressivo que nos deixa bastante motivados para seguir aprimorando as políticas públicas para crianças e jovens”, completa.

De acordo com a subsecretária, outras edições do #BoraVencer estão em fase de articulação interna em busca de datas e espaços adequados para a realização da atividade.

Além da modalidade Concursos, o programa tem as versões Profissionalizante, Intensivão, Dicas e a tradicional, voltada para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Convocação dos aprovados é de acordo com a demanda

Em relação à convocação dos aprovados, a Subsecretaria de Gestão de Pessoas, da Secretaria de Educação, esclarece que os professores são chamados à medida que surgirem as carências.
414Número de participantes do aulão que foram aprovados

A seleção ocorreu em duas etapas: provas objetivas, com questões de conhecimento básico, complementar e específico, e entrevista. Os locais do exame serão informados em 9 de janeiro, quando o comprovante definitivo de inscrição for emitido.

O resultado foi publicado em 1º de fevereiro e as contratações efetivadas no dia 7. A validade do concurso é de um ano, com possibilidade de prorrogação por mais um.

Agência Brasília

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo