Arquivo Público celebra 60 anos da vitória do projeto de Lucio Costa

Mostra itinerante ficará até o fim de março na Câmara Legislativa. Também terá destaque nas comemorações de aniversário do órgão de pesquisa e acervo do DF.

Na quinta-feira (16), o projeto de Lucio Costa para o Plano Piloto da capital do Brasil completa 60 anos desde que o arquiteto venceu o concurso, contra outras 26 propostas, para definir como seria construída a região central de Brasília.Exposição do Arquivo Público A Cidade que inventei, na Estação 108 Sul do Metrô-DF. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília. 

Para celebrar a data, o Arquivo Público do Distrito Federal levará a exposição A cidade que inventei, sobre o projeto, para a Câmara Legislativa de 15 a 30 de março. Ela tem curadoria do historiador e diretor de Pesquisa, Difusão e Acesso do órgão, Elias Manoel da Silva.

Composta por cinco painéis de 2,5 metros de largura por 1,3 metro de altura, a mostra apresenta rabiscos, frases e desenhos do arquiteto e urbanista, além de fotos da construção da cidade na década de 1950. As imagens são acompanhadas de textos que detalham mais a trajetória de Lucio Costa e de Brasília.

“A importância do projeto de Lucio Costa é mais do que reconhecida, tanto é que, 30 anos depois do concurso, a qualidade foi inscrita pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) na lista de bens do Patrimônio Mundial”, conta o secretário de Gestão do Território e Habitação, Thiago de Andrade.

O secretário ressalta que Brasília é a maior área urbana tombada do mundo e ainda é estudada pela arquitetura e pelo planejamento urbano. “A qualidade é o que garante essa presença ao longo do tempo. Cada vez mais, a população se apropria e cuida desse projeto.”
32 anos do Arquivo Público do DF

Antes de ser aberta ao público, a exposição sobre Lucio Costa fará parte das comemorações do 32º aniversário do Arquivo Público do DF, na Residência Oficial de Águas Claras , a partir das 14 horas desta terça-feira (14), em evento voltado aos servidores do órgão.

Com o Arquivo Público, a exposição A cidade que inventei também faz aniversário. A mostra itinerante foi lançada para celebrar os 31 anos do órgão e agora completa um ano desde a primeira exibição. Em 2016, ela foi exposta em diversos pontos da cidade, como em estações de metrô e no espaço Lucio Costa, na Praça dos Três Poderes.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo