Com médicos recém-contratados e reforma pronta, pediatria do hospital do Gama volta a funcionar

Fechada desde setembro, unidade contou com investimento de R$ 139.247,60 para as revisões elétrica e hidráulica e na pintura da ala
.
Há 18 leitos de internação no pronto-socorro e outros 12 de observação na enfermaria da pediatria do Hospital Regional do Gama, e não 10 de cada tipo, conforme publicado anteriormente.

Com ambiente mais confortável e temático, com ilustrações de personagens infantis, a pediatria do Hospital Regional do Gama, na Entrequadra 47/49 do Setor Central, foi reinaugurada nesta quinta-feira (2). Fechada desde setembro de 2016, a unidade reabre com 22 profissionais, sendo dois efetivos (40 horas semanais), que já são do quadro da Secretaria de Saúde, e 20 com contratos temporários (20 horas semanais), convocados em fevereiro.Fechada desde setembro, pediatria do Hospital Regional do Gama contou com investimento de R$ 139.247,60 para as revisões elétrica e hidráulica e na pintura da ala. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Presente na inauguração, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, destacou que a nomeação dos médicos especialistas é uma ação do programa Criança Candanga. “Vamos reabrir o chamamento temporário de pediatras para fortalecer o atendimento em outras regiões, como em Planaltina e em Santa Maria”, avisou o chefe do Executivo local. “Dessa maneira, vamos transformar a cobertura da atenção primária por meio das estratégias do Saúde da Família”, concluiu.

Durante o período em que ficou fechado, o pronto-atendimento infantil do hospital passou por revitalização, com revisões elétrica e hidráulica e na pintura, com investimento de R$ 139.247,60, fruto do contrato de manutenção da Secretaria de Saúde. De acordo com o governador Rollemberg, ainda em março, será reinaugurado o espaço do centro de clínica médica do hospital. Na sequência, começarão as obras para instalação de uma farmácia de alto custo na região administrativa.
“Vamos reabrir o chamamento temporário de pediatras para fortalecer o atendimento em outras regiões, como em Planaltina e em Santa Maria”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Segundo o secretário da pasta, Humberto Fonseca, são 18 leitos de internação no pronto-socorro e outros 12 de observação na enfermaria. “Nossa expectativa é atender entre 30 e 40 mil pacientes até o fim do ano”, disse durante o evento na manhã de hoje.

Ele ressaltou que há expectativa para a contratação de 83 novos pediatras na rede do DF com a reabertura do concurso para temporários. Há, também, planos para novo concurso de cargos efetivos nas áreas de pediatria, neonatologia e intensivistas. O processo, segundo Fonseca, foi encaminhado para a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão. “Aguardamos para os próximos meses a contratação da empresa responsável por organizar a concorrência.”

De janeiro a setembro de 2016, foram atendidas 12.692 crianças no Hospital Regional do Gama. Durante o período em que os trabalhos estavam suspensos, a assistência foi prestada em outras unidades da rede. Os casos de alta complexidade foram atendidos principalmente no Hospital Materno-Infantil de Brasília e no Hospital Regional de Taguatinga. Os de menor gravidade, nos centros de saúde do Gama e de Santa Maria. “A partir de hoje, todos os pacientes começam a retornar para a pediatria do Gama”, conta Humberto.

Para Rositania dos Santos, de 34 anos, mãe das pequenas Marcela e Heloísa, respectivamente de 8 e 2 anos, a reabertura veio em boa hora. “As meninas estavam sendo acompanhadas no Novo Gama [GO] e tínhamos muitas dificuldades para usar a unidade de lá”, disse. Uma delas é a financeira. “Pagar o transporte e a alimentação pesava muito no orçamento.”

Agencia Brasilia

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo