Mesa Diretora adia para quarta (22) decisão sobre processo contra Sandra Faraj

Defesa da deputada alega fatos novos

A Mesa Diretora da Câmara Legislativa do Distrito Federal adiou para quarta-feira (22), a partir das 9h, a votação sobre o prosseguimento do processo contra a deputada Sandra Faraj (SD), acusada de ter recebido verba indenizatória para pagar a prestação de serviços pela empresa Netpub e de não ter repassado os recursos, um total de R$ 150 mil. O colegiado resolveu adiar a decisão em 48h em atendimento a pedido da defesa da distrital, que alega haver fatos novos que extrapolam o processo inicial e que exigem prazo para manifestação.

Entre as denúncias surgidas após a apresentação da representação da ONG Adote um Distrital está o questionamento da autenticidade de nota fiscal entregue pela empresa. Segundo o presidente da Casa, deputado Joe Valle (PDT), a Procuradoria-Geral irá apresentar relatório técnico sobre os fatos novos ao processo, e a decisão "técnica e política" sobre o encaminhamento do processo para a Corregedoria será tomada no próximo dia 22.

"Estamos tentando fazer tudo da forma mais justa, sem açodamento, levando em consideração que é um mandato dado pelo povo", destacou Joe Valle. E completou: "Precisamos dar espaço para o contraditório, a fim de que não ocorra a nulidade do processo".
CLDF

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo