Orquestra Sinfônica recebe tubista convidado em março

programacao_orquestra_nacional_marco_agencia_brasiliaGrupo faz cinco apresentações no mês, uma delas integra o ciclo em homenagem a Beethoven, aberto em 2017, e outra marca o início do ano letivo na UnB.

Em março, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro fará quatro concertos. As apresentações gratuitas serão no Cine Brasília (106/107 Sul), às 20 horas, e terão regência do maestro titular, Cláudio Cohen. A sala tem capacidade para 620 lugares.

Na terça-feira (7), o grupo leva ao público clássicos da música erudita com obras dos austríacos Wolfgang Amadeus Mozart, Joseph Haydn e do alemão Johann Sebastian Bach. O violinista Zoltan Paulinyi e o oboísta Kléber Lopez, ambos servidores efetivos da orquestra, são os solistas da noite, com a execução do Concerto Duplo para Violino e Oboé, de Bach.

Em apresentação extraordinária, na segunda-feira (13), o grupo apresenta um concerto para a abertura do ano letivo de 2017 da Universidade de Brasília. No programa estão clássicos como Beethoven, Bizet e Ravel e o espetáculo Clássicos do Cinema, que levará ao público temas de filmes como Star Wars, Homem-Aranha e Piratas do Caribe.

Em 14 de março, o tubista convidado Wilthon Matos se apresenta com o grupo no Concerto para Tuba e Orquestra, de Vaughan Williams. Natural de Belém (PA), Matos é o criador do Grupo de Tubas da Amazônia. O músico já foi servidor da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro e, desde 2006, é tubista da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, do Rio Grande do Sul, onde vive. No mesmo dia, a orquestra toca a abertura de O Poeta e o Camponês, de Franz Von Suppé, e a Sinfonia nº 9 “A Grande”, de Franz Schubert.

A apresentação de 21 de março faz parte da série de concertos em homenagem a Ludwig van Beethoven (1770-1827). Estarão no espetáculo a abertura de Egmont Opus 84 e a Sinfonia nº 4 Opus 60 em Si Bemol Maior. O Concerto para Piano e Orquestra nº 1 Opus 15 em Dó Maior terá solo do pianista André von Frasunkiewicz.

Encerra o mês, em 28 de março, o Concerto Sinfônico. Nele, os músicos sobem ao palco do cinema para executar a Sinfonia nº 8 “Inacabada”, de Franz Schubert, a Sinfonia nº 25 em Sol Maior KV 183, de Mozart, e Le Tombeau du Couperin, de Maurice Ravel.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo