Campanha de doação de leite humano é lançada no Distrito Federal

Brasília é referência nacional para o serviço. Dos 15 bancos de leite locais, 13 têm padrão Ouro reconhecido pela Rede Global de Bancos de Leite Humano.

Para marcar o Dia da Doação de Leite Humano, celebrado no mundo em 19 de maio, a Secretaria de Saúde do DF promoverá, até o dia 26, uma série de eventos para sensibilizar a população do DF quanto à relevância da campanha. As atividades ocorrerão nas sete regionais de saúde.

A campanha Doe leite materno — um pouquinho do que você doa é tudo para quem precisa foi lançada nesta terça-feira (16), no Mezanino da Torre de TV. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, ao lado da esposa e colaboradora do governo, Márcia Rollemberg, participaram da cerimônia.

Também compareceram ao evento o ministro de Saúde, Ricardo Barros; o secretário de Saúde do DF, Humberto Fonseca; e o secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio de Paula Araújo.

A campanha Doe leite materno — um pouquinho do que você doa é tudo para quem precisa foi lançada nesta terça-feira (16), no Mezanino da Torre de TV. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, ao lado da esposa e colaboradora do governo, Márcia Rollemberg, participaram da cerimônia. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

A capital federal é referência na política de incentivo de aleitamento materno, com 13 bancos de leite padrão Ouro. A certificação é concedida pela Rede Global de Bancos de Leite Humano. A rede local é composta por 15 unidades — dez da rede pública, três de hospitais particulares e duas do Sistema Único de Saúde (SUS).

“As doadoras de leite e de amor ao próximo e os servidores da Secretaria de Saúde e do Corpo de Bombeiros fazem de Brasília uma referência nacional”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

A parceria que garante a qualidade do serviço prestado em Brasília foi destacada pelo governador. “As doadoras de leite e de amor ao próximo e os servidores da Secretaria de Saúde e do Corpo de Bombeiros fazem de Brasília uma referência nacional”, afirmou Rollemberg.

A técnica de pasteurização desenvolvida na capital do País é exportada para outras nações, como Portugal, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. “O Brasil é o responsável pela maior parte de leite humano recolhido e doado no mundo. Queremos levar isso como uma boa prática para outros países”, disse.
Amamentação estimula o desenvolvimento infantil

Por ano, nascem cerca de 3 milhões de bebês — 332 mil são prematuros ou apresentam baixo peso, com menos de 2,5 quilos, de acordo com o Ministério da Saúde. O aleitamento é fundamental na recuperação deles e é capaz de reduzir em até 13% a morte de crianças menores de cinco anos.

A campanha lançada hoje tem o intuito de sensibilizar ainda mais mulheres a doar. “Para você que doa é um pouquinho, mas para quem recebe é tudo”, reforçou a atriz e embaixadora da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, Maria Paula Fidalgo.

Além disso, a mobilização ajuda a divulgar os postos de coleta e o serviço de recolhimento de leite pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal. Diariamente, a corporação busca leite materno na residência de doadoras, que devem armazená-lo congelado por até dez dias. As coletas são feitas de segunda a sexta-feira, pela manhã. Para agendar, basta ligar para o telefone 160, opção 4.
Campanha de doação no DF

Até 26 de maio, haverá ações de conscientização da comunidade quanto à importância da doação, dicas sobre aleitamento materno e exibição de vídeo sobre a campanha.

No Dia Mundial da Doação de Leite Humano, na sexta-feira (19), estão programados dois eventos. Um no shopping Conjunto Nacional de Brasília, das 10 às 20 horas, e outro na estação do metrô de Águas Claras, das 14 às 20 horas.

Ainda como parte das atividades, haverá um estande no Conjunto Nacional para lançamento do aplicativo do Amamenta Brasília, além de conscientização da população sobre o aleitamento materno.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo