Câmara debate situação de servidores administrativos da segurança pública

Servidores dos órgãos de segurança acompanharam a audiência.

Com o objetivo de discutir as condições de trabalho e a estrutura das carreiras dos servidores administrativos da área de segurança, a Câmara Legislativa realizou nesta segunda-feira (26) audiência pública reunindo representantes das categorias e dos diversos órgãos governamentais onde estão lotados.

A ideia do debate partiu do deputado Wellington Luiz (PMDB), que justificou o evento afirmando ser "necessário valorizar as carreiras administrativas porque esses servidores são imprescindíveis para o bom andamento da segurança pública". O parlamentar destacou que eles são responsáveis pela gestão burocrática e o suporte para que os policiais desempenhem exclusivamente as suas atividades. O distrital também chamou a atenção para as fragilidades do sistema prisional e destacou "a importância da experiência dos servidores administrativos naquelas instituições".

O debate contou com a presença de sindicatos e associações, que reúnem servidores da segurança pública do Distrito Federal e também de órgãos de abrangência nacional, como a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal, que compartilharam experiências. As principais reivindicações apresentadas são a titulação e a realização de concurso público, além da equiparação salarial com categorias que desempenham funções semelhantes.

Em relação a este último item, a Polícia Civil do DF já vem buscando a paridade com a Polícia Federal. Antonio Carlos Moriel Sanches, da Coordenação de Recursos Humanos daquela corporação, que participou da audiência pública, relatou a atenção e os cuidados com o quadro de pessoal e, principalmente, com a reestruturação de carreiras.

Valorização – Simone Gama, subsecretária de Gestão de Pessoas da Secretaria de Planejamento do DF, declarou que o GDF "se preocupa com a valorização dos servidores" e que as portas da pasta estão abertas para as entidades representativas. "A ideia é conhecer em detalhes as peculiaridades de cada atividade para que possamos rever todos os planos de carreira dos servidores do Distrito Federal, considerando as especificidades", afirmou.

Por sua vez o subsecretário de Administração Pública da Secretaria de Segurança do DF, Álvaro Henrique Ferreira dos Santos, disse manter contato diário com a realidade dos servidores administrativos e reconheceu a relevância da categoria: "Sem a área meio, o setor não poderia realizar aquilo a que se destina".

O deputado federal Rôney Nemer (PMDB-DF) criticou o governo do DF que, na sua avaliação, "foi o que mais perseguiu servidores". Ele declarou apoio ao pessoal administrativo da segurança pública e relatou sua experiência em prol da categoria na época em que era deputado distrital. O senador Hélio José (PMDB-DF) também enviou mensagem de apoio que foi lida durante a audiência.
CLDF

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo