Festa do Divino reúne fiéis em almoço comunitário

Com doações dos moradores da região, foram servidos 35 quilos de arroz, oito de feijão e 35 de carne. Celebrações se estendem até domingo (4).

Começaram cedo os trabalhos da equipe de cozinha na Festa do Divino Espírito Santo, de Planaltina. Desde o dia 25 de maio, voluntários se revezam na preparação de almoços para a comunidade, no espaço de eventos da Paróquia São Sebastião.Com doações dos moradores da região, foram servidos 35 quilos de arroz, oito de feijão e 35 de carne. Celebrações se estendem até domingo (4). Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Nesta quinta-feira (1º), os fiéis se reuniram para a preparar a última refeição servida antes do grande almoço, no sábado (3). Pelo terceiro ano consecutivo, o governador Rodrigo Rollemberg esteve presente. “A festa reúne o que há de mais bonito na tradição de Planaltina. Somente a solidariedade do povo consegue construir isso tudo”, disse.

Foram servidos 35 quilos de arroz, oito de feijão e 35 de carne. Tudo arrecadado de doações dos moradores. Clemilton de Moura Andrade, de 49 anos, trabalha há 12 na festa. Há dez, ele é um dos voluntários na preparação da comida. “O que a gente doa não é nada. O retorno é muito maior”, comentou.
"A festa reúne o que há de mais bonito na tradição de Planaltina. Somente a solidariedade do povo consegue construir isso tudo"Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Zaldir Lima Oliveira, de 61 anos, mora em Planaltina desde adolescente e há mais de duas décadas participa da folia da cidade. Para se dedicar inteiramente, ela precisou deixar de lado afazeres de casa e outras obrigações, mas acredita que tem valido a pena. “Era um sonho que eu nunca pensei que fosse realizar”. Com o marido, ela forma o casal de foliões de rua deste ano.

O almoço de hoje foi gratuito e serviu para confraternização do grupo. Na chamada Cozinha do Biscoito, que funciona no mesmo espaço, outros voluntários também preparavam os quitutes que serão servidos em lanches e cafés da manhã até domingo (4), quando a Festa do Divino será encerrada.

No sábado, depois do tradicional Encontro das Bandeiras, serão preparados 220 quilos de arroz, 180 de feijão e 250 de gueroba com carne de porco, para um público estimado de 6 mil pessoas.
Patrimônio cultural imaterial do DF

Considerada patrimônio cultural imaterial do DF, pelo Decreto nº 34.370, de 17 de maio de 2013, a Festa do Divino recorda a descida do Espírito Santo sobre os 12 apóstolos de Jesus Cristo, em Pentecostes, sete semanas depois da Páscoa.

Segundo a Administração Regional de Planaltina, esta é a segunda maior celebração local da Igreja Católica — atrás apenas da Via-Sacra do Morro da Capelinha.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo