Polícia Civil prende mulher que sequestrou bebê no Hran

Está presa a mulher suspeita de ter raptado um bebê na maternidade do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) na tarde de terça-feira (6). A informação é da Secretaria de Saúde. A criança passa bem e foi levada ao hospital com o delegado da Delegacia de Repressão a Sequestros para continuar o tratamento que estava fazendo.

A suspeita seria uma enfermeira, identificada como Gesianna de Oliveira Alencar, de 25 anos. Ela foi presa em casa, na QE 38 do Guará. Gesianna chegou à delegacia com um pano na cabeça, tapando o rosto. Duas pacientes e uma funcionária da unidade hospitalar foram ouvidas pela polícia.

A Secretaria de Saúde promete conceder entrevista coletiva ainda nesta quarta-feira para esclarecer detalhes do resgate e situação do bebê.

De acordo com José Adorno, diretor-geral do hospital, a criança nasceu na Estrutural e foi encaminhada para a unidade de saúde há 13 dias. A previsão era de que ela receberia alta médica nesta quarta-feira (7). Mãe e filho dividiam o quarto com uma outra mulher, que garantiu não ter visto o momento em que a criança foi levada.

A segurança da unidade conta com 17 vigilantes por turno e 28 câmeras do circuito interno, mas nenhum dos seis equipamentos instalados no segundo andar, de onde a criança foi sequestrada, estavam funcionando.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo