Adaptação no sistema vai permitir transferência de água do Santa Maria para o Descoberto

Para amenizar impacto à população, Caesb fará intervenções em um domingo (30), quando o consumo diminui. Por isso, dias do rodízio em alguns locais, como Asa Sul e Lago Sul, serão alterados na próxima semana.

Como parte das medidas de enfrentamento à crise hídrica, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) fará adaptações para permitir a transferência de água do reservatório do Sistema Santa Maria-Torto para o Sistema Descoberto.

As intervenções ocorrerão em 30 de julho, um domingo, a fim de causar menores transtornos à população. Para isso, haverá alterações no rodízio de alguns locais (veja lista abaixo).

As mudanças no sistema de abastecimento de água do DF para fazer a interligação dos dois sistemas serão feitas por meio do Reservatório 2 do Plano Piloto, que fica no Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek.

“Já existe uma adutora que leva água do Descoberto para Santa Maria. Vamos adaptar para que seja possível o contrário também”Maurício Luduvice, presidente da Caesb

“Já existe uma adutora que leva água do Descoberto para Santa Maria. Vamos adaptar para que seja possível o contrário também”, explica o presidente da Caesb, Maurício Luduvice. A capacidade de transferência será de 250 litros de água por segundo.

Futuramente, será construída uma elevatória no reservatório do Cruzeiro. A estrutura permitirá que sejam levados até 700 litros de água por segundo do Sistema Santa Maria-Torto para o Sistema Descoberto.

Ambas as medidas estão relacionadas com a captação emergencial de água no Lago Paranoá. Quando o Subsistema Produtor do Lago Norte estiver em operação — também com capacidade de 700 litros de água por segundo —, a água retirada de lá abastecerá Asa Norte, Itapoã, Lago Norte, Paranoá, parte de Sobradinho II e Taquari.

Como o fornecimento para essas regiões é ofertado hoje por meio do Santa Maria-Torto, a ação para desafogar o Descoberto será a transferência de líquido do primeiro para o segundo.

Assim, a água do Sistema Santa Maria-Torto que abasteceria esses locais por meio dos reservatórios do Paranoá e do Lago Norte seguirá para outros dois reservatórios — um no Parque da Cidade e outro no Cruzeiro. Nesses últimos, haverá a interligação para que o abastecimento seja equilibrado entre os sistemas.
Mudanças no dia de rodízio para área central, Asa Sul e Lago Sul

Com as melhorias agendadas pela Caesb para 30 de julho, haverá necessidade de alterar o dia de rodízio em alguns locais do DF. “São obras que exigem interrupção. Ocorrerá em um domingo, para que cause menos transtorno, é um dia com menos consumo”, justifica Luduvice.

Nas regiões afetadas, a data de interrupção precisará ser adiada em um ou dois dias. As mudanças no rodízio semanal estão atualizadas no cronograma da companhia.

A operação será normal, com interrupção a partir das 8 horas e duração de 24 horas, seguidas por até 48 horas de estabilização.

Alterações no rodízio de água no Sistema Santa Maria/Torto

Lago Sul (QL 12 a 28, QI 16 a 29, Conjuntos 1, 2 e 3 da QI 13), Pontão do Lago Sul, SMDB, Setor Habitacional Dom Bosco/Villages Alvorada, Condomínio Privê Morada Sul

Expectativa anterior de desabastecimento: sábado (29)

Nova data: domingo (30)

Asa Sul (SQS 202 a 208, SQS 402 a 404, CLS 201 a 208, CLS 402 a 405, SES 801 a 803 e anexos dos Ministérios-Sul) e Lago Sul (QL 2 a 10, QI 1 a 15, exceto Conjuntos 1, 2 e 3 da QI 13)*

Expectativa anterior de desabastecimento: sexta (28)
Nova data: domingo (30)
*Outras partes da Asa Sul e do Lago Sul já tinham previsão de fornecimento interrompido em 30 de julho, sem necessidade de mudança

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo