Q Cultural, no Setor Comercial Sul, completa um mês de sucesso

Com intuito de revitalizar o Setor Comercial Sul, projeto celebra arte e empreendedorismo e comemora os bons números das primeiras edições

A primeira semana de julho marca exatamente um mês de vida do projeto Q Cultural. O evento é uma forma repaginada da antiga Quinta Cultural, que continua com os mesmo objetivos e propõe a ocupação de espaços públicos com arte, valorização do empreendedorismo e da cultura local, tornando o estacionamento do Setor Comercial Sul num lugar para apresentação de expoentes da música e das artes produzidas no DF.

Os números só comprovam o sucesso do projeto. Só no primeiro mês passaram pelo estacionamento do Setor Comercial Sul cerca de 3.000 pessoas, que além de prestigiar os artistas locais, também estimularam o empreendedorismo local com consumo dos produtos dos variados trucks que estacionam por lá nas quintas-feiras. Para se ter uma ideia, apenas de hambúrgueres foram vendidos cerca de 5.000 unidades durante os dias de evento, fora os outros produtos que também tiveram vendagem bastante expressiva. “O bom do Q Cultural é que é um lugar democrático, a gente tem a oportunidade de conhecer muita gente diferente, além de escutar música boa e consumir gastronomia de altíssima qualidade, venho aqui sempre que posso comprar alguma coisa para levar para família e aproveito para curtir uma musiquinha, é sempre uma ótima pedida para depois do trabalho” diz Wesley Medeiros, frequentador do local.

O empreendedorismo cultural também está em alta. Nessas primeiras edições, mais de 20 atrações artistíticas locais puderem apresentar seus trabalhos, entre grafite, arte de rua, música, dança e stand-up. “Desde o início do projeto nossa ideia era tornar o Q Cultural uma espaço democrático para todos os artistas de Brasília e acho que estamos conseguindo. Temos certeza disso pela resposta do público, que cresce a cada dia e apoia cada vez mais o evento” declara Raoni Dolabella, produtor executivo do Q Cultural.

Para o Secretário Adjunto do Trabalho Thiago Jarjour, um dos responsáveis pelo projeto, o Q Cultural tem uma importante influência não só econômica e cultural, mas também social. “A parceria com a Associação Traços de Comunicação e Cultura trouxe um novo viés para a iniciativa, além de fomentar as artes, o empreendedorismo e a economia, o evento ocupa um lugar que era tido apenas como perigoso, e ainda promove o acolhimento de artistas de rua, o que ajuda essas pessoas em situação de vulnerabilidade social. Nossa intenção é que todas as regiões do DF tenham iniciativas assim, é uma forma de restaurar esses espaços e devolve-lo à população” declara o secretário.

O Q Cultural é uma realização da Associação Traços de Comunicação e Cultura em parceria com a Secretaria de Cultura; Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos; com apoio da Administração de Brasília; Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social, e produção da Central de Produção (CP).

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo