Rollemberg muda administrador de Taguatinga e secretário de Tecnologia

O Diário Oficial do DF desta sexta-feira (14/7) trouxe mudanças importantes na estrutura do GDF. No primeiro escalão do governo, Marcelo Aguiar dos Santos deixa a Secretaria Adjunta de Ciência e Tecnologia. No seu lugar, assume Tiago Araújo Coelho de Souza. Em Taguatinga, a administração regional está sob novo comando. Nome de confiança da distrital Sandra Faraj (SD), o pastor Ricardo Lustosa Jacobina perdeu a vaga para Marlon Anderson Costa.

A saída de Aguiar já era esperada. Em maio, quando o distrital Cláudio Abrantes (Rede) deixou a base aliada do governador Rodrigo Rollemberg (PSB), ele pediu demissão, já que era indicação do parlamentar. O cargo foi prometido a Rodrigo Delmasso (Podemos), naquela época líder do governo na Câmara Legislativa, ou a quem ele indicasse.

Porém, a relação entre o deputado e o Palácio do Buriti azedou quando Delmasso liderou a rebelião da bancada evangélica contra a lei anti-homofobia. Perdeu a liderança e a secretaria. Sandra Faraj também votou a favor do decreto que sustou os efeitos da lei, aprovada há 17 anos, e cujo um dos autores é o próprio governador, quando distrital.

Marlon é nome de confiança do partido de Rollemberg. Antes de assumir Taguatinga, dava expediente na Secretaria das Cidades, subordinado a Marcos Dantas.



Leitores assíduos do DODF vêm notando mudanças em diversos cargos das administrações regionais e secretarias nos últimos dias. O governador decidiu punir não apenas os indicados dos distritais que votaram a favor do decreto suspendendo a lei anti-homofobia, como também daqueles que foram contrários à criação do Instituto Hospital de Base. E as alterações ainda não acabaram, garantem fontes do Palácio do Buriti.



Fonte: Metrópoles

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo