Voluntários da Feira do Livro de Brasília recebem certificados de participação

Em cerimônia no Palácio do Buriti na tarde desta sexta (7), também foram agraciadas autoridades do governo que ajudaram na organização da 33ª edição do evento.

Os certificados dos 240 voluntários que participaram da 33ª Feira do Livro de Brasília foram entregues na tarde desta sexta-feira (7), em cerimônia no Salão Branco do Palácio do Buriti. Eles fizeram parte dos 358 inscritos por meio do Portal do Voluntariado.Voluntários receberam certificados pela participação na 33ª Feira do Livro de Brasília. Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Estudante de jornalismo, Pedro Lemos, de 20 anos, falou em nome dos voluntários. “Participar dessa feira foi muito enriquecedor. Acho que todos, quando se inscreveram, se doaram mesmo,” destacou.

Além deles, receberam certificados a coordenadora-geral da feira, Cleide Soares, e autoridades do Executivo local que auxiliaram na organização da 33ª edição do evento:
Márcia Rollemberg, colaboradora do governo de Brasília
Márcia de Alencar, secretária adjunta de Políticas para Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos
Júlio Gregório Filho, secretário de Educação
Rodrigo Dias, subsecretário de Políticas de Direitos Humanos, da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos

Segundo Márcia Rollemberg, é importante haver participação da sociedade no desenvolvimento de políticas públicas. “A gente acredita que esse protagonismo social tem no Portal do Voluntariado um dos grandes eixos, e o Brasil tem que saber ampliar e explorar isso.”
"Esse protagonismo social tem no Portal do Voluntariado um dos grandes eixos, e o Brasil tem que saber ampliar e explorar isso"Márcia Rollemberg, colaboradora do governo de Brasília

Para Cleide, o portal foi uma solução para problemas de recursos da feira. “Acredito que foi uma oportunidade para os voluntários. O ideal é aproveitar dificuldades para criar aberturas, e deu muito certo.”

Parte do programa Brasília Cidadã, o Portal do Voluntariado tem como objetivos integrar, valorizar, reconhecer e estimular ações de voluntariado na cidade.
Portal do Voluntariado completou um ano em junho

O subsecretário de Políticas de Direitos Humanos lembrou que o portal completou um ano em junho. “Em 12 meses, a gente conseguiu juntar mais de 10 mil voluntários de todo o DF, mais de 180 projetos e mais de 400 mil horas de trabalhos”, discursou Rodrigo Dias na entrega dos certificados.

Já o secretário de Educação disse enxergar uma ligação do portal com o empreendedorismo. “Os voluntários são um exemplo de pessoas que se dispõem a trabalhar de forma despojada com carinho e amor. Não é possível dizer que não têm atitudes empreendedoras”, defendeu Gregório Filho.

Para a secretária adjunta de Políticas para Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Márcia de Alencar, o voluntariado é um caminho para melhorias sociais. “De forma colaborativa, todos podemos ser cidadãos e cidadãs de Brasília dispostos a romper com ciclos de violência para criar uma cultura de paz.”
Qualifica mais Brasília terá cursos na área de empreendedorismo social

Lançada ontem, a segunda etapa do Qualifica mais Brasília foi mencionada por Márcia Rollemberg por ter dois novos cursos na área de empreendedorismo social: gestão de organizações da sociedade civil (OSC) e tecnologia social — voluntariado.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo