Seminário internacional sobre recursos hídricos é agendado para outubro no DF

Governador Rollemberg participou de lançamento oficial na noite desta segunda-feira (14). Evento é parte dos preparativos para o Fórum Mundial da Água 2018, que será sediado em Brasília.

Com a proximidade do 8º Fórum Mundial da Água, que ocorrerá em Brasília, em março de 2018, avançam os debates sobre a temática do uso sustentável dos recursos hídricos.

De 26 a 29 de outubro deste ano, a cidade recebe o II Seminário Internacional Água e Transdisciplinaridade – Águas pela Paz, no Museu Nacional da República.Governador Rollemberg participou de lançamento oficial na noite desta segunda-feira (14). Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

Lançado em cerimônia na noite desta segunda-feira (14), na Asa Sul, o seminário terá atividades com o objetivo de discutir a cultura de paz e o compartilhamento da água em perspectiva internacional, intercultural, científica e espiritual.

O governador Rodrigo Rollemberg participou do lançamento em companhia do secretário do Meio Ambiente, André Lima. “Refletir sobre a água nos faz mais seres humanos, com compreensão sobre a importância dos recursos hídricos para todas as integrações possíveis”, observou.
"A população deve se conscientizar de que preservar a água é uma tarefa de todos"Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

“A população deve se conscientizar de que preservar a água é uma tarefa de todos. Vamos nos unir para proteger esse recurso, que se confunde com a própria vida”, concluiu o governador.

A iniciativa é do Centro Internacional de Referência e Transdisciplinaridade (Cirat), que desenvolve pesquisas sobre recursos hídricos por meio de doações de organismos nacionais e do exterior.

Além de representantes de entidades de cunho ambiental e autoridades, estava presente o líder espiritual Sri Prem Baba, que participou ativamente das etapas preparatórias do evento.O governador Rodrigo Rollemberg participou do lançamento em companhia do secretário do Meio Ambiente, André Lima, e do líder espiritual Sri Prem Baba. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

O centro reúne pesquisadores do Jardim Botânico e de oito órgãos do governo de Brasília: as Secretarias do Meio Ambiente, de Saúde, de Cultura, de Educação e da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb); a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa); e o Instituto Brasília Ambiental (Ibram).

O encontro de 2017 dará sequência ao 1º Seminário Internacional de Água e Transdisciplinariedade: para uma ecologia de saberes, ocorrido em 2011 no Senado Federal. À época presidente da Comissão de Meio Ambiente da Casa, Rodrigo Rollemberg, então senador, promoveu o evento e participou como expositor.
O que é o Fórum Mundial da Água

Criado em 1996 pelo Conselho Mundial da Água, o fórum foi idealizado para estabelecer compromissos políticos, manter o tema na agenda ambiental internacional e buscar soluções para o aproveitamento sustentável dos recursos hídricos do planeta.

Entre os participantes estão governantes, empresários e representantes de organizações não governamentais. O evento ocorre a cada três anos e já passou por Daegu, na Coreia do Sul (2015); Marselha, na França (2012); Istambul, na Turquia (2009); Cidade do México, no México (2006); Kyoto, no Japão (2003); Haia, na Holanda (2000); e Marrakesh, no Marrocos (1997).

A escolha de Brasília como sede do fórum ocorreu em 26 de fevereiro de 2014, durante reunião de governadores do Conselho Mundial da Água, em reunião na Coreia do Sul.

Para a edição de 2018 em Brasília, primeira no Hemisfério Sul, são esperados cerca de 30 mil representantes de 170 países.

Até 23 de agosto, está aberta a chamada pública para entidades e pessoas interessadas em trabalhar voluntariamente na organização das sessões temáticas do 8º Fórum Mundial da Água.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo