Coluna Fitness | A Importância da Hidratação

Resultado de imagem para hidratação
Cerca de 60% da composição corporal humana é feita de água. Em nossos músculos, esse índice sobe para 75%. Presente em todas as reações químicas que ocorrem em nosso organismo, ela dá forma e compõe a estrutura das células, além de regular a temperatura corporal e auxiliar no transporte de oxigênio e nutrientes. Por isso, a hidratação é de extrema importância para todos os seres humanos, independente da faixa etária, sexo e biótipo físico. Entretanto, a maioria das pessoas, seja por falta de hábito ou de informações, não consome a quantidade diária ideal de água, o que pode levar a muitos problemas e doenças, uma vez que a hidratação é importantíssima para a manutenção de nosso organismo em diversos aspectos. A importância da água em nosso organismo é mais evidente quando praticamos atividades físicas, uma vez que nosso corpo elimina grande quantidade desse líquido por meio do suor.

Durante a atividade física, seu corpo perde muito líquido através do suor, afinal a forma que ele encontra para manter a temperatura a 37°C é evaporar água pela pele. Por isso, durante um exercício intenso, como pedalar, nadar ou correr, 90% da água que você gasta é eliminada pelo suor. Além disso, a água também interfere em outros mecanismos muito importantes, como transporte de oxigênio para os músculos, através dos glóbulos vermelhos do sangue; eliminação do dióxido de carbono pela respiração e regulação da pressão arterial, para o bom funcionamento do coração e da circulação. O suor é composto por água (99%), alguns nutrientes, principalmente sódio e cloro, e, em quantidades muito pequenas, potássio, magnésio, cálcio, ferro, cobre e zinco. Assim, para que o organismo funcione bem, é necessário repor a água e sais minerais que se perdem de forma a proporcionar um equilíbrio entre a entrada e a saída da mesma.

De acordo com o tipo e da intensidade dos exercícios, a água pura pode não ser a forma ideal para repor, em casos de atividades superiores à uma hora e, principalmente, corridas de longa distância e maratonas, prefira os isotônicos e bebidas esportivas, ricas em calorias, vitaminas e sais minerais, essenciais para repor, sobretudo, os eletrólitos perdidos. A água de coco também é bastante recomendada. Mas a forma mais recomendada de hidratação é tomar de 400 ml a 600 ml de líquidos duas horas antes do início do treinamento, e durante a prática esportiva ingerir 100 ml de água fria a cada 20 minutos. No entanto, o excesso é prejudicial, podendo comprometer o desempenho e causar até mal-estar, a hiper-hidratação, pode provocar a queda dos níveis de sódio no organismo e também leva a fortes dores de cabeça, náuseas e vômitos. A hidratação pós-treino é tão ou mais importante que as demais. As duas primeiras horas após o treino são significativas para absorção de líquidos, aumentando assim o volume de plasma no sangue. Para agilizar a reidratação, prefira bebidas geladas ou até com açúcar, se houver necessidade, pois elas aceleram esse processo.

O ideal de consumo de água diário é de cerca de 2,5 litros, sendo de 1,5l a 2l em forma de líquidos e o restante proveniente dos alimentos. Para atletas de alto rendimento, o recomendado é ingerir 1,5l para cada quilo perdido durante as atividades. Mas fique longe de refrigerantes, sucos ácidos (como de laranja ou limão), ou bebidas alcoólicas. Além disso, para repor as reservas energéticas da melhor forma e proporcionar o aumento de glicogênio em nosso corpo, prefira suplementos com hidratos de carbono e sódio. Pois eles aceleram esse processo e repõem os eletrólitos do organismo. 

Se por um lado o consumo inadequado é bastante prejudicial, a ingestão excessiva e sem necessidade também é. Isso ocorre quando tomamos mais água do que conseguimos eliminar, pode ser bastante perigoso, principalmente para aqueles com problemas circulatórios, renais, hepáticos e cardíacos, uma vez que o excesso de água no organismo afeta diretamente esses sistemas, quando não eliminada de maneira adequada. Portanto, a hidratação adequada é muito importante para o corpo humano, uma vez que está ligada direta e indiretamente em praticamente todos os processos de nosso organismo. Ela é essencial para manter nossos sistemas em equilíbrio e funcionando corretamente, evitando doenças. Além disso, seus benefícios também estão associados a uma dieta balanceada e hábitos saudáveis de vida.

Por último, é importante ressaltar que a perda de peso que ocorre com a prática de uma atividade física não representa um “emagrecimento”. É necessário mais tempo para que haja a mobilização da gordura e o conseqüente emagrecimento. O que ocorre na verdade é perda de água, e esta precisa ser reposta adequadamente. É muito comum ver pessoas que evitam o consumo de água depois do exercício porque acreditam que vão “recuperar o peso perdido”. Outro erro comum é acreditar que praticar atividade física agasalhado, ou nas horas mais quentes do dia, emagrece mais. De fato, a perda de peso é maior, mas da mesma forma que foi dito anteriormente, essa perda de peso nada mais é que perda de água, o emagrecimento em si não está relacionado à quantidade de suor produzido. Claro que, em atividades físicas intensas, que são as que emagrecem mais, há uma maior produção de suor. Mas isto não significa que o suor sirva como medida de emagrecimento.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo