Hospital de Pirenópolis busca certificação internacional em segurança do paciente

O Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ) recebeu a primeira visita da Instituição Acreditadora Credenciada (IAC) para averiguar se todos os processos estão dentro das normas de segurança internacional. O selo de acreditação é concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), entidade não-governamental e sem fins lucrativos que certifica a qualidade dos serviços de unidades públicas em saúde em acordo com a metodologia reconhecida pela ISQua, International Society for Quality in Health Care, associação parceira da Organização Mundial de Saúde (OMS).

O diretor administrativo do HEELJ, Hondinelly Melo, afirma que após essa visita será apresentado um diagnóstico e um mapeamento de tudo que a Unidade vem fazendo até então. Com tudo em ordem, no prazo de sessenta dias, o Hospital receberá a certificação comprovando estar de acordo com todas as normas internacionais de segurança do paciente.

“Desde o início da parceria do estado com o Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), a Unidade passou a desenvolver um trabalho que tem como norte a segurança do paciente. A conquista deste selo é o reconhecimento que falta para atestar a qualidade de todos os processos que fazemos aqui no Ernestina”, explica Hondinelly. Em processos se inclui a recepção, o ambulatório, o laboratório, a farmácia, a acolhida dos pacientes, a emergência, entre outros.
Acreditação em Goiás

Goiás hoje tem 16 hospitais da rede pública estadual e seis deles já são creditados pela ONA. O HEELJ será a terceira unidade no interior de Goiás que receberá o selo. “Com o reconhecimento ONA quem mais ganha é o paciente. Afinal de contas, ele terá a certeza de que o Hospital se ajusta às normas internacionais de segurança e que ele terá acesso ao melhor atendimento possível”, afirma o diretor.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo