Fórum Mundial da Água: Senado cria subcomissão para discutir o evento

Ato ocorreu nesta quinta-feira (22) no Congresso Nacional, em audiência pública sobre a escassez de água e as ameaças à estabilidade da ordem internacional.

Como parte dos preparativos para o 8º Fórum Mundial da Água, que ocorrerá em Brasília de 18 a 23 de março, foi criada no Senado Federal, nesta quinta-feira (22), subcomissão temporária para tratar do evento.Como parte dos preparativos para o 8º Fórum Mundial da Água, foi criada no Senado Federal, nesta quinta-feira (22), subcomissão temporária para tratar do evento. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, participou da solenidade. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

O colegiado passa a funcionar a partir de hoje e fica dentro da Comissão de Relações Exteriores de Defesa Nacional, presidida pelo senador Fernando Collor (PTC-AL). Os parlamentares Jorge Viana (PT-AC) e Cristovam Buarque (PPS-DF) foram eleitos, respectivamente, presidente e vice-presidente da subcomissão.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, participou da solenidade e da audiência pública nesta manhã e falou sobre as expectativas para o encontro internacional que a capital da República sediará.

“Teremos iniciativas pioneiras no fórum, como arena de parlamentares do mundo inteiro para avançar na legislação ambiental, bem como encontro de juristas para debater o direito de todos à água e outro de governadores para expor as dificuldades de cada estado quanto aos recursos hídricos”, disse.

O chefe do Executivo local destacou ainda ações do governo de Brasília para enfrentar a crise hídrica na cidade e investimentos em questões ambientais:
Entrega dos sistemas de captação de água no ribeirão Bananal e no Lago Paranoá
Construção do sistema Corumbá, em conjunto com Goiás, com previsão de entrega para fim de 2018
Democratização da orla do Lago Paranoá
Fechamento do Lixão da Estrutural e abertura do Aterro Sanitário de Brasília
Recuperação de nascentes, em especial na região do Descoberto, com apoio da Fundação Banco do Brasil

“Nosso País tem 12% da água doce do planeta e os dois grandes reservatórios subterrâneos do mundo: o aquífero Guarani [39 mil km³] e o aquífero Alter do Chão [162.520 km³], recentemente descoberto como o maior do mundo. E ainda assim passamos por dificuldades”, disse o senador Jorge Viana.

Também participaram o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes; o diretor da Agência Nacional de Águas (ANA) e secretário-executivo do 8º Fórum Mundial da Água, Ricardo de Andrade; e o diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa), Paulo Salles.
Inscrições para o fórum estão abertas

Quem quiser acompanhar os debates no Centro de Convenções pode se inscrever por meio do site oficial do evento, na aba Inscrições.

Os ingressos dão direito à participação da abertura, do encerramento, das sessões do fórum, dos almoços e dos eventos culturais na exposição e na feira.


FÓRUM MUNDIAL 
DA ÁGUA

Inscrições
Programação
Vila Cidadã

O segundo lote será vendido até 28 de fevereiro. Brasileiros e cidadãos de países que não integram a Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico têm 50% de desconto no cadastro.

Estudantes, por sua vez, têm abatimento de até 80% na adesão. A partir de 1º de março, começa a venda do terceiro lote de ingressos.
O que é o Fórum Mundial da Água

Criado em 1996 pelo Conselho Mundial da Água, o fórum foi idealizado para estabelecer compromissos políticos acerca dos recursos hídricos.

Em Brasília, o evento é organizado pelo Conselho Mundial da Água, pelo governo local — representado pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa) — e pelo Ministério do Meio Ambiente, por meio da Agência Nacional das Águas (ANA).

O fórum ocorre a cada três anos e já passou por: Daegu, Coreia do Sul (2015); Marselha, França (2012); Istambul, Turquia (2009); Cidade do México, México (2006); Kyoto, Japão (2003); Haia, Holanda (2000); e Marrakesh, no Marrocos (1997).

A escolha de Brasília como sede da 8º edição se deu em 26 de fevereiro de 2014, durante reunião de governadores do Conselho Mundial da Água, na Coreia do Sul. Será o primeiro fórum a realizar-se no Hemisfério Sul.


8º Fórum Mundial da Água

De 18 a 23 de março

No Centro de Convenções Ulysses Guimarães e no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha

Inscrições abertas no site oficial do evento

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.