Justiça libera contratações para o Instituto Hospital de Base

Tribunal Superior do Trabalho acatou pedido do governo de Brasília e suspendeu decisões que interromperam a seleção de 774 profissionais.

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro João Batista Brito Pereira, liberou, na manhã desta segunda-feira (16), a contratação de 774 profissionais para o Instituto Hospital de Base do Distrito Federal.O TST acatou pedido do governo de Brasília e suspendeu decisões que interromperam a seleção de 774 profissionais do Instituto Hospital de Base. 

A decisão deferiu os recursos impetrados pelo governo de Brasília, que pediu a suspensão das decisões que barraram as seleções.


Assim, as contratações referentes ao primeiro processo seletivo deverão ser retomadas na próxima semana. São 708 vagas divididas em:
477 técnicos de enfermagem
128 enfermeiros
40 médicos emergencistas
27 médicos anestesistas
20 cirurgiões do trauma
8 médicos de clínica médica
8 nefrologistas

E o segundo processo seletivo também continuará nos próximos dias. São 66 vagas:
Administrador (2 vagas)
Analista administrativo (3 vagas)
Analista de contratos (4 vagas)
Analista de compras (4 vagas)
Analista de gestão de pessoas (2 vagas)
Analista de processos operacionais (9 vagas)
Assistente de faturamento (10 vagas)
Comprador especializado (4 vagas)
Enfermeiro auditor (7 vagas)
Engenheiro ambiental (1 vaga)
Engenheiro clínico (1 vaga)
Farmacêutico (8 vagas)
Médico auditor (3 vagas)
Médico regulador (6 vagas)
Técnico de manutenção em equipamentos hospitalares (2 vagas)

As ações, movidas pelo Ministério Público do Trabalho, questionavam pontos como suposta falta de publicidade e de respeito ao prazo para pessoas com deficiência apresentarem documentação.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.