GDF vai reduzir ônibus neste sábado (26) para garantir transporte até terça-feira

Mesmo conseguindo a liberação de caminhões de combustível, o Governo do Distrito Federal (GDF) decidiu reduzir a frota de ônibus nas ruas neste sábado (26). Segundo o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, o sistema vai operar com um número de veículos menor, na mesma proporção de um domingo. Do ponto de vista do governo Rollemberg (PSB), a medida é necessária para garantir a circulação do transporte público próxima semana.

Pelas contas oficiais do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), aos sábados são realizadas 13.280 viagens e 8.950 aos domingos.

Com os tanques quase secos, nesta sexta-feira (25), as empresas Pioneira (responsável por São Sebastião, Jardim Botânico, Paranoá, Lago Sul, Park Way, Santa Maria e Gama) e Urbi (operadora no Recanto das Emas e Samambaia) reduziram os ônibus em circulação. Conforme o relato de Damasceno, o governo conseguiu a liberação de 40 mil litros de combustível para cada uma delas e também para a empresa São José (encarregada por Brazlândia, Ceilândia, Taguatinga, Vicente Pires, SCIA e SIA).

“Com isso, teremos combustível até terça-feira (29). Pioneira e Urbi voltaram a operar normalmente na segunda (28). Mas vamos ter que acompanhar a situação diariamente. Precisamos economizar no final de semana para poder garantir o abastecimento até terça. Estamos hoje em estado de alerta. Mas poderia ser muito pior”, comenta Damasceno.

Na leitura do secretário, a suspensão das aulas foi fundamental para o sistema não travar de vez, apesar de penalizar o aprendizado dos alunos. Além disso, a população em geral está evitando circular pela cidade.

O desabastecimento de combustível é uma das consequências da greve nacional dos caminhoneiros. A categoria cruzou os braços para derrubar os impostos nos combustíveis.

Fonte: Jornal de Brasilia
Fotos: Renato Araújo/Jornal de Brasília

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.