Rosso promete criar a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Deficiência em pauta

Se for eleito governador, Rogério Rosso (PSD) garante que criará a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência. A criação da secretaria foi defendida por Rosso e Robério Negreiros. No passado, o DF já teve uma Subsecretaria de Pessoas com Deficiência em sua estrutura, mas a estrutura foi rebaixada para uma Coordenação.

Esporte Paralímpico

O Presidente do Comitê Paralímpico Internacional, Andrew Parsons, apresentou para Rosso e o deputado distrital Robério Negreiros (PSD), um Plano de Desenvolvimento do Esporte Paralímpico, para ser executado no DF.

Lado a lado

Rosso quer que a Secretaria fique ligada ao gabinete do Governador, com uma Subsecretaria para tratar dos assuntos referentes ao esporte paralímpico no DF. O objetivo é executar o projeto nos Centros Olímpicos já existentes no DF.

Acidentado

O ex-governador José Roberto Arruda (PR) foi internado em UTI. Arruda caiu quando andava de bicicleta na ciclovia do Park Way. Ele bateu a cabeça no chão e segundo boletim médico, sofreu traumatismo crânio encefálico e escoriações.

Previsão de alta

Já o ex-governador Joaquim Roriz teve uma melhora no seu quadro de saúde e deve ter alta ainda hoje (5). Roriz foi internado com pneumonia, o ex-governador está com a saúde fragilizada com complicações decorrentes do diabetes, além de ter sido diagnosticado com mal de Alzheimer. 

Tragédia anunciada

A Secretaria da Cultura do DF reconhece que a tragédia ocorrida com o Museu Nacional do Rio de Janeiro pode se repetir no DF. Apesar das reformas constantes, estruturas conhecidas como Patrimônios de Madeira são motivo de preocupação. Uma delas é o Catetinho.

Monitoramento

Após a repercussão, o governador Rodrigo Rollemberg determinou o monitoramento imediato dos museus brasilienses. São seis os principais da capital federal: Catetinho, Museu Nacional de Brasília, Memorial dos Povos Indígenas, Museu Vivo da Memória Candanga e o Museu de Arte de Brasília.

Apoio da civil

Rosso conseguiu o apoio dos policiais civis. A declaração ocorreu durante encontro na tarde desta terça-feira (4), no auditório do IESB. O Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol-DF) realizou sabatinas com alguns candidatos ao Buriti. Após essa análise, a categoria votou e decidiu declarar apoio ao candidato do PSD.

Sucateamento

“Os policiais civis sofrem, há mais de uma década, com a desvalorização do seu trabalho e sucateamento da corporação. O problema se agravou nos últimos quatro anos, na gestão Rollemberg”, denuncia Rodrigo Franco Gaúcho, presidente do Sinpol-DF.


“APRENDI, COM OS MEUS 49 ANOS DE BRASÍLIA, A RESPEITAR O SERVIDOR PÚBLICO E LEVAREI ISSO COMIGO PARA O BURITI. E REAFIRMO O MEU COMPROMISSO COM OS POLICIAIS CIVIS E A PARIDADE. APRENDI COM MEUS PAIS A NÃO TER DUAS PALAVRAS. E RODRIGO ROLLEMBERG ESTÁ CONVIDADO PARA IR COMIGO VER A PROMESSA, QUE ELE NÃO CUMPRIU, SER CUMPRIDA”.

ROGÉRIO ROSSO (PSD), CANDIDATO AO GDF.

* A Coluna é escrita por Sandro Gianelli e publicada de segunda a sexta no Portal Conectado ao Poder, no Jornal Alô Brasília e no Portal Alô Brasília.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.