Favorito ao GDF, Ibaneis espera compor ‘grande força do bem’ para vencer eleição

Resultado do 1º turno ‘é fruto da vontade da população e um pouco da minha determinação’, declara. Candidato conversa com Izalci e Jofran Frejat.

Por Kenzo Machida e Hamanda Viana – No dia seguinte ao resultado do primeiro turno, nesta segunda-feira (8), o candidato ao governo Distrito Federal Ibaneis (MDB) fez uma avaliação dos resultados das urnas. Ao G1, ele afirmou que a prioridade é fazer com que a população que não votou nele possa entender as propostas para os próximos quatro anos. O candidato também avaliou possíveis alianças para o 2º turno.

Ibaneis recebeu 634.008 votos e ficou com 41,97% dos votos válidos – excluindo brancos, nulos e ausentes. Ele vai para o segundo turno com Rodrigo Rollemberg (PSB), que ficou com 13,94%.

“Eu acho que isso que aconteceu nesse 1º turno é fruto da vontade da população e um pouco da minha determinação e força de trabalho.”

Segundo ele, a campanha conseguiu terminar o 1º turno à frente por ter trazido “propostas novas” para os eleitores. “Uma maneira diferente de fazer campanha, uma maneira alegre, sincera, olhando no olho, abraçando as pessoas, indo pro debate realmente, às vezes até para o embate”, disse.

Ele declarou ainda que a população de Brasília busca “alguém que tenha sinceridade no trato da coisa pública, que faça política com sinceridade”.

Estratégia

Segundo Ibaneis, a estratégia de busca de votos no segundo turno é “caminhar muito, andar muito, participar de todos os debates e responder a todos os questionamentos”. Pelo resultado do pleito, ele venceu em 17 zonas eleitorais; Rollemberg ganhou em duas.

O candidato se saiu melhor no Recanto das Emas (52,34% dos votos válidos), em Ceilândia Norte/Setor O (50,60%) e em Planaltina (48,49%). Por outro lado, foi pior na Asa Norte (22,97%), na Asa Sul (24,74%) e no Cruzeiro (29,25%).
Mapa de votos por zona eleitoral no Distrito Federal – votos para governador — Foto: G1
Até a manhã desta segunda, nenhum candidato havia declarado apoio a Ibaneis – no último debate antes do 1º turno, ele chegou a dizer que não queria apoio dos adversários no 2º turno. Agora, Ibaneis disse que espera compor “uma grande força do bem para salvar Brasília da inanição”.

Ibaneis disse que conversou com o senador eleito Izalci (PSDB) e com o ex-deputado federal Jofran Frejat na manhã desta segunda. “Já recebi muitas ligações que eu fiz questão de atender. Eu já tinha conversado com o pessoal do PRB, já tem alguns partidos que estão me procurando”, afirmou.

“A população do DF cansou dos nomes que tinha aí. Ela cansou daquela rivalidade entre partidos e colocou o Distrito Federal numa posição muito ruim no cenário nacional.”

Ibaneis passou a manhã em casa, no Lago Sul. Por recomendação médica, ele teve de ficar de repouso e cancelou compromissos externos após sofrer irritação em um dos olhos. O candidato foi medicado e reservou o dia para organizar as estratégias de campanha.

Resultado dos votos não válidos
Brancos + nulos: 180.195 eleitores ou 10,72% dos votos
Abstenção: 389.195 eleitores ou 18,73% dos votos

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.