DER interdita ponte do Rio Melchior, entre Samambaia e Ceilândia

Bloqueio da ponte aconteceu devido ao risco de movimentação de terra, após uma erosão.

A ponte fica na DF 180, que liga Samambaia e Ceilândia. Perto do trecho, está o Clube Meridional Termas Solar, de Samambaia Sul(foto: Reprodução/Google)

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) interditou a ponte do Rio Melchior na noite de terça-feira (20/11). Quem precisou passar pelo trecho, entre Samambaia e Ceilândia, viu um bloqueio e teve que dar uma volta por estradas alternativas da região. Na manhã desta quarta-feira (21/11), o órgão continuou atuando no local, mas liberou uma faixa para o fluxo de veículos.

A interdição aconteceu após uma erosão na região do rio, que provocou um "risco de movimentação de terra no encabeçamento da ponte", como informou o DER. Segundo o órgão, a quantidade de chuvas nos últimos dias provocou danos embaixo da via. O bloqueio é necessário para que o processo de recuperação do talude se desenvolva. 

Apesar do desgaste, o departamento negou qualquer risco de queda da ponte, afirmando que a interdição diminui a sobrecarga da via, que poderia agravar a situação do encabeçamento da ponte. O brasiliense que passar pelo local nesta quarta verá o fluxo de veículos sendo controlado pelo modelo de "PARE e SIGA", que continuará até que seja feita toda a recuperação do trecho.

Problema antigo

O Rio Melchior causa problemas antigos aos moradores do Distrito Federal. Em 2012, o Correio denunciou a sua poluição, mostrando seus detritos de esgoto e lixo. Três anos depois, em 2015, outra matéria alertou para a qualidade da água do rio, que estava abaixo dos parâmetros exigidos.


Poluição no rio é problema antigo(foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.