Advogada Karolyne Guimarães volta a administrar Taguatinga

Karolyne Guimarães, volta a administrar Taguatinga. Foto: Agenda Capital

Por Redação

Foi anunciado na tarde desta quinta-feira (03), o nome de diversos administradores regionais para gestão do governo Ibaneis. A advogada Karolyne Guimarães, que fez uma excelente gestão, continuará à frente da administração de Taguatinga. Karolyne administrou a cidade no período de dezembro de 2017 a dezembro de 2018.

rimeira mulher a administrar a cidade de Taguatinga, a advogada Karolyne Guimarães, conseguiu em um 01 ano, deixar sua marca de gestora competente e eficiente. Mesmo com poucos recursos, mas com muita vontade de trabalhar, Karolyne surpreendeu e executou projetos de grande relevância para a cidade, em parcerias com a iniciativa privada.

Espaço da Mulher, Pega Entulho, Memorial Taguatinga, Movimenta Taguatinga, Descobrindo Talentos, foram alguns dos projetos exitosos de inciativa da jovem administradora, que foram replicados para outras Administrações Regionais. A praça do relógio que é considerado o cartão postal da cidade, foi totalmente revitalizada, e hoje se encontra segura e bem policiada.

Um dos seus últimos projetos foi a criação do Parque Urbano de Taguatinga, localizado em frente a Universidade Católica. O Parque Urbano Pistão Sul, vai atender um conjunto de cidades satélites nos arredores de Taguatinga, com uma população em torno de um milhão e meio de pessoas, proporcionando a restauração ambiental e revitalização dos espaços urbanos.

Mesmo com os percalços da burocracia, Karolyne Guimarães conseguiu dar uma nova dinâmica na cidade, e teve o reconhecimento da população Taguatinguense, como uma das melhores gestoras que já passaram pela cidade.

Outra administradora confirmada agora a noite pelo governador Ibaneis, será Glayce Helena, que voltará a administrar Samambaia. Glayce foi administradora regional na gestão anterior.

Fonte: Agenda Capital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.