SOS DF Saúde promove Dia D de combate ao Aedes

Neste sábado (19), GDF realiza o Dia D de combate ao Aedes aegypti em Samambaia, ação que integra o SOS DF Saúde. Atividades iniciam às 9h, no Parque de Serviços da Administração Regional da cidade, e contará com a presença do governador Ibaneis Rocha
Mais de 500 profissionais, entre agentes da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, militares do Corpo de Bombeiros e servidores de diversos órgãos estarão nas ruas da região administrativa para orientar a população e auxiliar no combate ao criadouro mosquito, que é transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

As ações da força-tarefa em Samambaia são estratégicas e se destinam a garantir a proteção dos moradores daquela localidade, e de todo o Distrito Federal, uma vez que a região é próxima ao município goiano de Santo Antônio do Descoberto, onde foram notificados 31 casos da doença somente nas duas primeiras semanas de 2019.

A infestação de imóveis preocupa

No Distrito Federal, de acordo com a série de 2013 a 2018, do Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti (LIRAa), o ano passado fechou com um aumento de 60% de imóveis residências e comerciais com larvas, se comparado ao ano de 2013. O acréscimo é ainda mais expressivo, de 166%, se levado em consideração o ano de 2016.

Diante dos dados, o engajamento da população é fundamental no combate ao criadouro do Aedes aegypti. Além do manejo nas residências, evitando deixar água parada e eliminando possíveis focos do mosquito a população deve fazer o dever de casa, inspecionando a sua residência ou casa comercial pelo menos uma vez por semana e comunicando a existência de focos à Secretaria de Saúde. O contato pode ser feito por meio do telefone 160.
Entenda o SOS DF

Chefe do Executivo local, Ibaneis Rocha lançou, na última segunda-feira (14), a Força-tarefa para Prevenção e Combate à Dengue e outras Arboviroses. O objetivo é reduzir a incidência do Aedes em todas as regiões administrativas. Para isso, além dos recursos humanos, a Saúde conta com 60 novas caminhonetes, entregues pelo governador no dia 4 de janeiro.

No Distrito Federal, a Secretaria de Saúde registrou 14 casos suspeitos de dengue na primeira semana epidemiológica deste ano. Não houve casos graves e óbito por dengue nesse período ou no ano passado. Os dados constam no Boletim Epidemiológico da Subsecretaria de Vigilância à Saúde, divulgados esta semana. No entanto os dados de infestação de imóveis são preocupantes e justificam todas essas ações. (Com informações da Agência Brasília)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.