18ª Mostra do Filme Livre exibe produções brasileiras independentes no DF

Filmes ficam em cartaz no CCBB de 16 de abril a 12 de maio. Entrada é gratuita.

Por G1 DF

18ª Mostra do Filme Livre traz produções independentes do audiovisual nacional - Filme "Uma História das Cores" — Foto: Divulgação

Filmes brasileiros e independentes serão exibidos em Brasília a partir desta terça-feira (16) até dia 12 de maio na 18ª edição da "Mostra do Filme Livre". Ao todo, serão projetadas na tela do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) 155 produções – entre curtas, média e longas-metragens.

Considerado o maior festival de cinema independente do país, a mostra gratuita reúne produções de todas as regiões do Brasil feitas sem patrocínio, privado ou público.

Ao todo, o evento recebeu 773 inscrições, mas 134 tiveram apoio estatal. Outros 254 foram realizados em escolas de cinema e mais 29 receberam convite para participar da mostra.

A proposta do projeto é estimular e promover o cinema autoral – que foge da estética hollywoodiana e mainstream – e mostrar a força da produção audiovisual nacional.

18ª Mostra do Filme Livre traz produções independentes do audiovisual nacional - Filme "Prefiro Não Ser Identificada" — Foto: Divulgação

A curadoria foi feita por Gabriel Sanna, Diego Franco, Scheilla Franca e Guilherme Whitaker, que também é criador do evento. Além das sessões, a mostra também oferece atividades formativas e debates de graça.

Veja programação completa

A 18ª edição da "Mostra do Filme Livre" é dedicada à memória dos jornalistas Geneton Moraes Neto (1956-2016) e Ricardo Boechat (1952-2019), e do cineasta Geraldo Veloso (1944-2018).

Nove produções de Geraldo Veloso, que foram restauradas pela Cinemateca Pernambucana, serão projetadas ao longo do evento. Após a exibição dos filmes, estão previstas rodas de conversa sobre a importância das películas do cineasta para o audiovisual.

O diretor mineiro Sylvio Lanna também receberá homenagens. Suas duas novas produções – "? In memorian – o roteiro do gravador" e o curta "Um cinema caligráfico" – vão estrear no evento.

Brasília bem representada

Filme O Mistério da Carne — Foto: Divulgação

Quatro curta- metragens vão representar a produção audiovisual brasiliense:

"A praga do cinema brasileiro" (William Alves)
"Aulas que matei" (Amanda Devulsky e Pedro B. Garcia)
"Entre parentes" (Tiago de Aragão)
"Mistério da carne" (Rafaela Camelo)

"A praga do cinema brasileiro" será exibido logo na abertura da mostra, nesta terça-feira (16), juntamente com outros três curtas.

Programe-se

18ª Mostra do Filme Livre
Data: de 16 de abril a 12 de maio
Local: CCBB
Mais informações: mostradofilmelivre.com
Veja classificação indicativa de cada sessão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.