Ibaneis faz balanço da gestão e comenta projetos

Governador respondeu perguntas de jornalistas no programa CB.Poder, do Correio Braziliense, nesta quarta-feira (10/4)

Nesta quarta-feira (10/4), data em que completa os 100 primeiros dias de gestão, o governador Ibaneis Rocha concedeu entrevista ao programa CB.Poder, do jornal Correio Braziliense. No bate-papo que durou pouco mais de 30 minutos, o chefe do Executivo respondeu perguntas sobre o início de mandato, como a situação do DFTrans e do Centro Administrativo (Centrad) e os investimentos na capital.

Ibaneis voltou a declarar que vai recorrer da decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre a destinação do Imposto de Renda dos funcionários pagos com recursos federais oriundos do Fundo Constitucional. O parecer do TCU impõe uma dívida de R$ 10 bilhões ao DF e retira do orçamento uma arrecadação de R$ 700 milhões por ano. Ele prometeu levar o caso ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Durante a conversa, o chefe do Executivo elogiou a atuação nas áreas de saúde e educação e prometeu aplicar recursos federais que estavam travados por falta de projetos.

Sobre os 100 dias de governo, ele frisou: “É um momento dos mais felizes da minha vida. Mesmo diante de todos os problemas, faria tudo de novo”.

Veja declarações do governador Ibaneis Rocha sobre temas perguntados:

Decisão do TCU

“Vou ao Supremo [Tribunal Federal]. Se ganharmos, a liminar coloca o estado em condições de sobreviver esse ano, mas teremos que fazer ajustes. Não tenho dúvida que foi uma surpresa muito grande, um procedimento muito mal conduzido no período anterior. O acompanhamento desse processo pegou trodos de surpresa pelo erro do TCU”

DFTrans

“Tentei de várias maneiras [descobrir] porque o DFTrans procura não funcionar. Como não conseguiram apresentar o projeto deles, vou apresentar o meu e levar a bilhetagem para o BRB”

Presença do líder do PCC, Marcos Camacho (Marcola), no DF

“O problema não são os líderes que estão presos. São os que estão soltos. Vou entrar com ação para transferir esses presos daqui e transferir o presídio para o DF”

100 dias de governo

“É um momento dos mais felizes da minha vida. Mesmo diante de todos os problemas, faria tudo de novo”

Saúde do DF

“Passamos a conhecer o modelo do Instituto de Gestão e conseguimos avanços. Chegamos a quase 16 mil cirurgias, terminanos de reformar as UPAs. O Hospital de Santa Maria está com equipamentos novos. A saúde tem solução e tem dinheiro para solucionar”

Centro Administrativo (Centrad)

“Vamos desfazer a parceria público-privada. Eles [consórcio responsável pelo Centrad] vão nos passar a tecnologia e as condições para assumir o Centrad. Esse documento é que deve ser assinado na sexta-feira (12/4). A partir desse documento que será submetido ao Tribunal de Contas e com a autorizacao do Tribunal de Contas aí nós vamos avançar. Não tenho como ocupar [o Centrad] no dia seguinte. Mas aí eu pego a chave e vou tomar a posse do que é nosso de fato, de direito”

Investimentos

“Temos vários recursos que não foram utilizados ao longo dos anos pelos governos anteriores e que estão parados. Temos R$ 300 milhões de verbas de emendas que não foram utilizados. Estamos conseguindo nos organizar para gastar esse dinheiro”

Agenda Capital com informações da Ag. Bsa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.