Lis, uma das gêmeas siamesas separadas por cirurgia, no DF, recebe alta da UTI

Bebê foi liberada na manhã desta segunda-feira; Mel deixou unidade intensiva na semana passada. Irmãs ficaram unidas pela cabeça por 10 meses.

Por G1 DF

As gêmeas siamesas Lis e Mel já receberam alta da UTI — Foto: Hospital da Criança de Brasília/Divulgação

A família das gêmeas siamesas separadas por uma cirurgia inédita no Distrito Federal recebeu nesta segunda-feira (27) a notícia que tanto aguardava: as duas meninas – que completam um ano no próximo sábado (1º) – receberam alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Criança de Brasília.

Lis, que ainda permanecia na UTI, foi transferida para a enfermaria na manhã desta segunda. A irmã dela, Mel, já tinha sido liberada na última terça-feira (23).

Gêmeas completam um ano no dia 1º de junho — Foto: Hospital da Criança de Brasília/Divulgação

O avô das meninas, Edilson Neves, confirmou a informação ao G1 e disse que Lis ficará em um quarto, ao lado da irmã. Segundo ele, as meninas deverão permanecer pelos próximos dias na enfermaria.

"Antes, a família já pedia para ter as duas juntas. Agora, acredito que vai ficar bem mais tranquilo para todos, uma vez que as duas estarão no mesmo quarto."

No dia que Mel recebeu alta, as irmãs se viram pela primeira vez desde o procedimento (veja vídeo abaixo).

Gêmeas siamesas se reencontram

O avô das gêmeas disse ainda que "agora será mais fácil o cuidado com elas". Edilson explicou que Lis ainda precisará tomar antibióticos. Já Mel, desde a liberação da UTI, vem apresentando boa evolução e já está sem o acesso venoso.

A família tem praticamente morado dentro do hospital desde a cirurgia.

Família tem praticamente morado dentro do hospital desde a cirurgia — Foto: Hospital da Criança de Brasília/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.