O governador Ibaneis Rocha e o vice-governador Paco Britto estiveram neste sábado (10) no Sol Nascente e Pôr do Sol, onde o chefe do Executivo local assinou decreto que institui o Energia Legal, um programa que permite a instalação de rede de distribuição de energia em áreas urbanas ou rurais que estejam em processo de regularização fundiária.


“Temos que cuidar de quem tem necessidade. Estamos colocando as comunidades carentes para receber aquilo que o governo devia ter cuidado e não cuidou ao longo do tempo”, disse o governador Ibaneis. Com o Energia Legal, mais de 62 mil pontos do DF serão beneficiados, começando pelo Sol Nascente e Pôr do Sol, onde a dupla Ibaneis e Paco estiveram pela manhã. Mas, segundo o próprio governador, a previsão é de que o programa chegue a setores como Morro da Cruz, em São Sebastião, e Água Quente, no Recanto das Emas.


Uma equipe da Companhia Energética de Brasília (CEB) cadastra os moradores e troca as redes necessárias, com a colocação de medidores e transformadores. “Primeiro vamos levar energia e depois regularizar as áreas, entregar escritura e fazer com que sejam cada dia mais felizes no lugar onde escolheu para morar”, destacou Ibaneis. A CEB também está instalando a iluminação pública nas regiões.

O vice-governador Paco Britto conversou com moradores da região para conscientizar as pessoas sobre o prejuízo causado pelas ligações clandestinas. “Existem mais de 60 mil ligações irregulares na rede de distribuição e isso sobrecarrega o sistema, causa curtos-circuitos, oscilação na energia e diminuição na qualidade do fornecimento a todos”, enfatizou Paco.