Superintendente da Secretaria de Patrimônio da União no Distrito Federal – SPU-DF, Dr. Renan da Mata, recebeu em seu gabinete a Deputada Federal Paula Belmonte (CIDADANIA-DF) para tratar acerca da pauta da Associação dos Prejudicados da 4ª Etapa do Riacho Fundo II. Nessa reunião também estavam presentes membros da associação dos Prejudicados, os quais verbalizaram que há anos estão lutando por um imóvel próprio, desde gestões anteriores da SPU-DF.


Em meio às tratativas do caso, a Deputada Paula Belmonte, além de agradecer a recepção pelo Superintendente Renan, aproveitou para elogiar o Superintendente, o qual, de acordo com sua fala, trouxe a fé cristã para dentro da SPU-DF. Ela acredita que a causa dos Prejudicados seja de pessoas injustiçadas:

“As pessoas chegaram a entrar nas casas, a sonhar que as casas seriam delas, mas foram retiradas do processo. Buscam aqui a justiça do homem, que quer trabalhar, construir e dar dignidade à família”, teria dito a Deputada.

O Superintendente da SPU-DF comunicou que está em constantes tratativas e parceria com o Governo do Distrito Federal (GDF) acerca de assuntos relacionados às terras da União no DF, inclusive com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal – Codhab. Ele aproveitou o ensejo para ligar para o Diretor Imobiliário da Codhab, senhor Marcus Palomo, o qual ratificou a parceria entre SPU-DF e GDF através do órgão autorizado da Codhab para tratar sobre essa e demais pautas acerca de áreas da União no DF. Ainda de acordo com o Superintendente: 

“A causa dos Prejudicados da 4ª Etapa do Riacho Fundo II está sendo tratada, dentro do que dita a Lei e a norma, com a maior celeridade possível. Já recebi os membros da Associação dos Prejudicados antes, e continuo recebendo-os, para que suas demandas prossigam sendo ouvidas por esta Superintendência”.