Quartou meu amores! Hoje quero compartilhar com vocês o uso de vitamina c na pele. Mas te faço uma perguntinha: quem é que não quer ter  uma pele linda, radiante, sem manchas e protegida contra o envelhecimento precoce? Esse é o meu desejo, é o desejo de praticamente todas as pessoas, não é? Pois para isso existe a vitamina C que, quando aplicada topicamente na pele, pode proporcionar grandes benefícios. 

Hoje a vitamina C se destaca hoje como um dos componentes principais da rotina de skincare, principalmente porque ela é muito efetiva, tem resultados científicos comprovados e respaldados ao longo dos anos. O que se destaca como principal função da vitamina C é, em primeiro lugar, sua função antioxidativa. Ela consegue fazer uma espécie de limpeza nas nossas células, retirando os radicais livres e permitindo que nossas células continuem se multiplicando e funcionando da melhor maneira possível.

Ela também tem um papel muito importante na formação do colágeno, aquela fibra que ajuda na estruturação da nossa pele, que a mantém com sustentação e elasticidade adequadas. Além disso, há outro componente: ela tem um efeito clareador comprovado. É por isso que ela se destaca e não pode faltar em uma boa rotina de cuidados com a pele.

Os estudos científicos mostram um destaque na utilização da vitamina C na forma pura. E o que é a vitamina C na forma pura? É ácido ascórbico. Existem outros derivados de vitamina C, porém esses derivados não vão ter necessariamente a mesma efetividade, pois os estudos científicos que comprovam a estabilidade, o funcionamento no clareamento das manchas, o estímulo ao colágeno, são todos feitos - em grande parte - com a vitamina C pura.

A preferência que a gente tem é para produtos que ofereçam esse tipo de substância, na forma pura, que é a que tem mais comprovação científica. Os estudos abordam a vitamina C pura na concentração acima de 8% podendo chegar até 20%. Geralmente os dermatologistas,prescrevem para o paciente uma dose em torno de 10% para a maior parte deles, e em alguns casos pode chegar a doses maiores também.


Precisamos ressaltar que a partir de 20% de concentração de vitamina C, pode haver uma saturação da pele. Ou seja, existe uma concentração máxima em que a gente atinge um platô, como se fosse uma concentração máxima de vitamina C na pele. A partir de uma determinada concentração, você não vai ter mais benefícios. Há estudos científicos que avaliam 25% ou 30%, e acaba que a pele pode até sofrer irritação, e não vai ter nenhum benefício a mais em relação à concentraçãode 10% a 20%.

Mas aquela pergunta que não quer calar: Existe alguma diferença entre vitamina C pura e a derivada? Geralmente isso vai constar na própria embalagem do produto. Quando ele tem vitamina C pura, vai constar que tem vitamina C pura a uma determinada concentração, como 10%.

Além disso, a vitamina C pura tem uma propriedade que tem de ter um pH muito preciso e ter todo um cuidado em relação à embalagem, inclusive com outras substâncias que são colocadas juntamente a ela, para que se garanta a estabilidade.

Por isso, são realmente produtos prime e selecionados, que vão conseguir fornecer às pessoas essa disponibilidade nessa alta concentração de uma forma pura e realmente estável e que entregue os resultados que os estudos científicos avaliaram

Gostou dessa super dica que trouxemos para você?! Espero que sim, aproveite e passe lá no nosso Instagram @blogespacomulherdf e participe da nossa enquete sobre vitamina C e seus benefícios para a pele.

ANNIE