Santiago, no Chile, que já havia ganhado voo da Sky Airline, também terá outro, a partir de 1º de julho, da Latam

A partir de 1º de junho, Brasília e Santiago, no Chile, passam a estar ligadas por meio de três voos semanais diretos, que será oferecido pela companhia aérea Latam. A nova rota foi comemorada pelo secretário de Relações Internacionais, Paco Britto, que tem se empenhado em conquistar voos internacionais para a capital.
“Mais uma vitória do governo Ibaneis Rocha que firma Brasília como uma grande capital, um grande hub”, disse o secretário que lembrou que a companhia chilena Sky Airline também anunciou voos de Santiago para Brasília a partir do dia 16 de junho. “Isso mostra o potencial de Brasília: potencial turístico e também de negócios”, completou. As passagens aéreas da Sky já estão à venda desde janeiro.


Foto: Vinícius de Melo

Paco esteve em São Paulo, no mês passado, para apresentar Brasília e atrair mais voos internacionais para a cidade. Desta vez, com o continente africano. “Nas reuniões, pude destacar as inúmeras oportunidades que o Distrito Federal oferece, a qualidade excepcional do Aeroporto de Brasília e o potencial da cidade para turismo e negócios”, explicou. “Todas essas características justificam a abertura de novas rotas internacionais em nossa capital”. O secretário visitou as companhias aéreas africanas: Ethiopian Airlines, Egypt Air, TAAAG Angola Airlines e South African.
Atualmente, a Capital Federal já conta com voos diretos para Orlando e Miami (Estados Unidos), Cidade do Panamá (Panamá), Buenos Aires (Argentina), Lisboa (Portugal) e Lima (Peru).