Fórum Mundial da Água movimentou R$ 48,2 milhões

É o que mostra a Pesquisa de Perfil dos Participantes, divulgada pelo Observatório do Turismo do Distrito Federal nesta sexta (20)

O 8º Fórum Mundial da Água, que ocorreu de 17 a 23 de março deste ano, resultou em impacto direto na economia do Distrito Federal de R$ 48,2 milhões. É o que mostra a Pesquisa de Perfil dos Participantes, feita pelo Observatório do Turismo do Distrito Federal, da Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer.


Os dados, coletados nos cinco dias de programação, foram divulgados em entrevista coletiva nesta segunda-feira (20), no Palácio do Buriti. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, acompanhou a apresentação.


“O Fórum serviu à Brasília na vocação de cidade de eventos. Nós temos uma boa logística e bons equipamentos culturais. Um deles é a Orla do Lago Paranoá, que virou um espaço público para acesso a todos”, discursou Rollemberg.

Foram ouvidas 1.068 pessoas para o levantamento. Desse total, 672 eram brasileiros, e 396, de outras nacionalidades. Os estados com maior quantidade de visitantes foram São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Quando se observa a origem dos participantes internacionais, cidadãos de Portugal, do Senegal, da França e do Japão lideraram o ranking de entrevistados para a pesquisa. A organização do evento estima que representantes de 172 países estiveram no fórum.

O gasto médio diário dos ouvidos pela pesquisa foi de R$ 945,68. Além disso, eles informaram que o custo total, por tipo de despesa, ficou assim dividido:
Transporte: R$ 2.158,13
Hospedagem: R$ 2.163,64
Demais despesas: R$ 1.210,46

Para o secretário do Esporte, Turismo e Lazer, Jaime Recena, os números decorrem de uma boa impressão que os turistas tiveram dos brasilienses. “Ficamos muito felizes com os trabalhos dos voluntários. Eles foram fundamentais para esse resultado positivo.”

As pesquisas foram feitas por cerca de 30 voluntários do projeto Embaixadores do Turismo. Eles se cadastraram por meio do Portal do Voluntariado e receberam, nesta sexta-feira, certificado pelo serviço prestado.
Visitantes aprovaram Brasília como ponto turístico

Os entrevistados também foram convidados a avaliar a infraestrutura de Brasília. Questionados se recomendariam a capital federal a conhecidos, 88% confirmaram que indicariam a visita. Em números absolutos, trata-se de 939 pessoas.

Além disso, 79% afirmaram ter intenção de retornar, ou seja, 843 turistas viriam a Brasília mais uma vez. Do total de entrevistados, 57% informaram conhecer o título de Patrimônio Mundial da Humanidade.

Em relação aos serviços oferecidos na capital, a avaliação média é boa, de acordo com os resultados apresentados. Quanto à mobilidade:
17% a consideraram ótima
45,42% boa
25% regular
6,16% ruim
4,66% péssima

Os serviços de hospedagem ficaram assim avaliados:
30,98% ótimo
57,19% bom
10,46% regular
0,88% ruim
0,49% péssimo

Os serviços de alimentação, por sua vez, também causaram boa impressão:
25,40% ótimo
55,99% bom
16,01% regular
1,34%$ ruim
1,25% péssimo

A limpeza da cidade foi outro ponto avaliado pelos turistas. Os dados indicam que:
34,85% a avaliou como ótima
51,13% boa
11,37% regular
2,46% ruim
0,19% péssima

Marina volta a sinalizar que não vai compor chapa com Joaquim Barbosa

Resultado de imagem para marina silva
Pré-candidata da Rede à Presidência, Marina Silva, disse nesta sexta-feira, 20, que não conversou recentemente com o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, que estuda entrar na disputa pelo PSB.

“Não conversamos e eu tenho respeito pelo processo interno do PSB, que ainda está tomando a sua decisão como partido se terá ou não candidatura, e o próprio ministro Joaquim, que também está fazendo o seu discernimento”, disse Marina, após participar de um evento com vereadores em Brasília.

Desde que Barbosa se filiou ao PSB, em 6 de abril, aumentaram as especulações de que os dois poderiam formar uma chapa conjunta. Tanto o PSB quanto a Rede, no entanto, dizem que não discutem a possibilidade de abrir mão da candidatura e ser vice. “A candidatura da Marina é irreversível”, afirmou o porta-voz da Rede, Pedro Ivo Batista.

Marina participou da 6ª Mobilização Nacional de Vereadores. Durante a semana, passaram por lá outros pré-candidatos à Presidência, como Geraldo Alckmin (PSDB) e Álvaro Dias (Pode).

Em sua fala, a ex-ministra afirmou que não iria aumentar impostos, que era preciso retomar a geração de empregos e defendeu um plano nacional para segurança pública. Questionada se havia incluído o tema por conta de outro pré-candidato à Presidência, o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ), Marina afirmou que defende as mesmas propostas desde 2010, quando disputou pela primeira vez o Planalto.

“O debate da segurança não é para uma lógica de olho por olho, dente por dente. É preciso que se tenham políticas que levem a fazer com que o Estado trabalhe de forma mais eficiente, com inteligência, com treinamento continuado para os policiais, com integração de trabalhos das polícias, com trabalho integrado de União, Estado e municípios”, disse.

Fonte: Estadao Conteudo

Alerta: DF já tem sete casos de gripe H1N1 neste ano

Mariana Raphael/Saúde-DF
Secretaria de Saúde ainda analisa outros 89 casos. Saiba onde se vacinar

Sete pessoas contraíram o vírus Influenza do tipo A H1N1 e ficaram internadas, em estado grave em 2018 no Distrito Federal. Além disso, um homem de 54 anos morreu. No momento, a Secretaria de Saúde (SES-DF) analisa outros 89 casos de síndrome respiratória aguda grave. As amostras serão submetidas a testes para 11 tipos de vírus.

A pasta, porém, não garante que os últimos casos notificados e divulgados na imprensa — de duas crianças infectadas em escolas particulares — entrem nesse balanço. A campanha de vacinação do Ministério da Saúde começa na próxima segunda-feira (23) e é destinada aos grupos de risco, principalmente idosos e crianças.

De acordo com o secretário de Saúde, Humberto Lucena, o monitoramento da circulação do vírus é feito apenas em casos graves em que há internação. Os nomes dos pacientes monitorados não são divulgados. Além disso, quando a notificação vem de agentes de saúde, clínicas particulares e cidadãos, o fato é inscrito em um banco de dados específico e passa por análise.

Por isso, no momento, os casos das crianças infectadas — estudantes do Colégio Presbiteriano Mackenzie do Lago Sul e da escola canadense Maple Bear, em Águas Claras — não foram confirmados pela Saúde.

Cuidados nas escolas

Coincidência ou não, o último boletim epidemiológico da SES-DF divulgado à sociedade continha apenas cinco casos confirmados da gripe. Mesmo agora, com dois casos a mais, não há surto no DF. “Sempre há motivo para preocupação. O vírus se replica rapidamente e age em ambientes fechados, onde os hábitos de higiene são pobres”, explica o secretário.

A secretaria garante que enviou às escolas informes específicos com orientações de higienização coletiva. A diretora de Vigilância Epidemiológica, Maria Beatriz Ruy, detalha os cuidados necessários nesses ambientes.

“Os cuidados são focados na parte coletiva. Melhorar a ventilação, lavar as mãos, não enviar crianças doentes à escola sem procurar atendimento médico. Os professores devem orientar os pais caso algum aluno apresente sintomas. É preciso ter uma alimentação saudável e utilizar álcool em gel, dentro da sala de aula, quando disponível”, explica Ruy.

Campanha

A principal maneira de prevenir-se da doença é tomando a vacina. A campanha do Ministério da Saúde começa na próxima segunda-feira (23) e vai até 1º de junho. Em postos de saúde menores, com até três equipes de saúde da família, o horário de atendimento é de 8h às 17h. Em postos maiores, com quatro ou mais equipes, o atendimento vai de 7h às 19h.

De acordo com a SES-DF, as unidades de saúde localizadas em zonas rurais não dispõem de salas destinadas à vacinação, mas recebem doses proporcionais ao número de habitantes da área que integram os grupos de risco. Os cidadãos devem procurar os postos para se informar sobre os horários em que a vacina será aplicada.

A Saúde espera vacinar 706,9 mil pessoas em 114 postos de vacinação em todo o DF. O número corresponde a 90% do total do público alvo — 780 mil pessoas. No dia 12 de maio, acontece o Dia de Mobilização Nacional (Dia D), quando apenas a vacina contra o Influenza A H1N1, H3N2 e Influenza B será oferecida nas unidades de saúde pública. Nos demais dias da campanha, todas as outras vacinas do calendário regular estarão disponíveis.

Devem procurar os postos de saúde a partir da próxima segunda-feira (23): trabalhadores de saúde, povos indígenas, crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas (que deram a luz há menos de 45 dias), pessoas com mais de 60 anos de idade, pessoas com doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adolescentes que estejam cumprindo medidas socioeducativas e professores das redes pública e privada.

Engenheiro pioneiro recebe título de cidadão honorário hoje às 19h

Homenagem proposta pela deputada Celina Leão

O engenheiro Antônio Lourival Ramos Dias recebe hoje (20), logo mais às 19h, o título de Cidadão Honorário de Brasília no auditório da CLDF. A autora da homenagem, deputada Celina Leão (PP), destaca que Lourival foi engenheiro do Departamento de Edificações da Novacap em 1960, época da construção de Brasília. Ele foi fiscal de obras da construção do Hospital de Base de Brasília, do Cinema Unidade de Vizinhança, do Ministério de Relações Exteriores e do Ministério da Fazenda, entre outros. Durante a carreira, Lourival foi também diretor presidente da construtora Engebrasília e presidente da Novacap.

Fonte: CLDF

Internado, casal de idosos cultiva paixão centenária e comove hospital do DF

Matheus Oliveira/Secretaria de Saúde

O amor de Francisco, 102 anos, e Sebastiana, 101, nasceu em 1936, quando eles fugiram para se casar.

O amor “tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”. Já estava escrito em um dos livros mais antigos do mundo – a Bíblia –, mas há quem diga que encontrar este sentimento tão genuíno fora das páginas é difícil. Não para a família do seu Francisco Fernandes de Alencar, 102 anos, e da dona Sebastiana Coelho de Matos, 101, que tiveram dentro de casa o exemplo real de que o amor é a base para tudo. Até mesmo num quarto de hospital, que é como o casal centenário tem passado a última semana.

Internados na enfermaria do Hospital Regional de Samambaia, eles chamam atenção. Não é para menos: com apenas 186 pessoas com mais de cem anos na capital, Francisco e Sebastiana estão ali vivos, e, mesmo debilitados por conta da idade – principalmente ela, que sofre de Alzheimer –, conseguem tirar um tempo para contar as histórias de vida.

Na semana passada, Sebastiana apresentou hiperglicemia. Precisou ser internada. Em casa, Francisco se recuperava de uma forte gripe, mas sentiu falta da esposa e começou a ter problemas nos rins. Então, seguiu para o hospital. “Chamamos o Samu e a vaga que tinha era no Recanto das Emas. Mas quando o motorista soube que a vó estava no HRSam, ele seguiu para lá, para saber se aceitavam”, lembra a neta Jane Ester Alencar Alves, 42.Matheus Oliveira/Secretaria de Saúde

Francisco se preocupa com a esposa. “Pergunta ‘já comeu?’, ‘está dormindo?’. E não adianta enganar, porque ele sente”, garante a neta. “Esses dias ele estava contando a história dos dois, aí perguntei: ‘Vô, o senhor amava a vó?’, e ele respondeu ‘Amava? Ainda amo’”.

A neta não esconde o orgulho: “Eles são exemplos para toda a família. Meus primos, tios, tias, meus pais, todos cresceram baseados no exemplo dos meus avós. Crescemos ao redor deles, o ponto de encontro sempre foi a casa deles. Esse reconhecimento é a recompensa pela vida que levaram”, afirma.

A regra para viver tanto? “Eles sempre se alimentaram bem, dormiram bem. Não praticaram nenhum esporte. Mas meu avô sempre foi muito metódico. Tinha horário até para tomar água”, conta Jane.

Noivos em fuga

Aos 19 anos, Francisco saiu do Maranhão para ganhar a vida. Trabalhador rural, encontrou na fazenda do pai de dona Sebastiana a oportunidade de um emprego e sustento. “Só que quando ele viu minha avó, se apaixonou à primeira vista. Ele não teve coragem de chegar nela, porque dizia que não tinha condições e que ela não o merecia. Mas uma tia da minha avó percebeu e se tornou a ‘cupida’. Incentivou o meu avô a falar com ela”, diz a neta.

O que conquistou Sebastiana foram os olhos azuis de Francisco. Mas seu pai não concordava com o namoro. “Meu bisavô não aceitou. Dizia que minha avó tinha posses e ele, nada. Só que, com a ajuda da tia, eles planejaram uma fuga e se casaram”.

Matheus Oliveira/Secretaria de Saúde
Era 1936 quando saíram do interior de Goiás rumo a uma vida toda juntos. A primeira parada foi justamente em uma igreja onde selaram as juras de amor eterno. “Quando meu bisavô descobriu, deserdou minha avó”, afirma Jane. “Voltaram à fazenda em 1961, quando tiveram a última filha, mas meu bisavô já tinha morrido”, completa.
Aqui na capital, construíram uma grande família: são 12 filhos, aproximadamente 50 netos, 40 bisnetos e oito tataranetos.

Antes de terminar sua passagem na Terra, Francisco ainda tem um último pedido: “Deus, não me leva sem a Sebastiana”, diz o idoso em suas orações. “Não pensamos como vai ficar depois que eles se forem, porque são nosso ponto de referência. Mas, pelo visto, Deus vai realizar esse pedido dele, e eles vão embora juntos”, conclui a neta.

Fonte: Jornal de Brasilia

Aniversário de Brasília: transporte público será reforçado para festa na Esplanada

Ônibus terá frota adequada de acordo com a demanda, e metrô funcionará em escala normal.

Para atender quem participará da festa dos 58 anos da capital federal, na Esplanada dos Ministérios ou na Torre de TV, haverá reforço nas linhas de ônibus que têm como destino a Rodoviária do Plano Piloto neste sábado (21) — dia do aniversário — e no domingo (22).

Nos dois dias, das 17 horas à meia-noite, os coletivos serão destinados de acordo com a demanda. Nas demais regiões do Distrito Federal, a tabela horária seguirá a programação normal de fim de semana.

O metrô funcionará normalmente no sábado, das 6 horas às 23h30, e no domingo, das 7 às 19 horas.
O que muda no trânsito durante a programação do aniversário de Brasília

A via interna que liga a Torre de TV à Feira — onde ficam as escadas rolantes — será fechada para o trânsito de veículos, a partir das 11 horas de sábado (21).

Os estacionamentos do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, do Parque da Cidade, do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha e entre a Funarte e a Torre de TV estarão liberados para os motoristas.

As equipes de fiscalização do Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) vão auxiliar a travessia de pedestres entre o Mané Garrincha e a Via N1.

Câmara Legislativa faz homenagem ao Prêmio Profissionais da Música

Roberto Menescal é o homenageado do ano

A Câmara Legislativa realizou hoje (20) sessão solene em homenagem à realização do Prêmio Profissionais da Música 2018, que está sendo realizado na capital federal desde o último dia 16. Neste ano, o grande homenageado do prêmio é o músico Roberto Menescal, um dos criadores da bossa nova, que completa 80 anos de vida. O artista esteve presente na sessão solene e enalteceu a importância do Prêmio para a música nacional. "Se cada estado realizasse uma edição deste Prêmio, teríamos um cenário muito melhor. O Prêmio representa não só o reconhecimento de músicos brasileiros, mas a arte do encontro, tão rara nesses tempos de comunicação instantânea", disse Menescal.

A homenagem foi proposta pelos deputados Joe Valle (PDT) e Telma Ruffino (PROS). A parlamentar agradeceu a presença de vários artistas presentes na solenidade e lembrou que "a música tem o poder de nos retirar da dor e da angústia". A deputada também afirmou que "a música não é barulho" e que "é necessário saber conviver com a diferença". Ao final da solenidade, vários artistas foram agraciados com moções de louvor do Poder Legislativo. O Prêmio Profissionais da Música fará a entrega das premiações neste sábado. São mais de 50 categorias, divididas em prêmios de criação, produção e convergência, abrangendo criações artísticas de todo o país.

Fonte: CLDF

GDF abre licitação para interessados em operar café do Cine Brasília

Reprodução/Internet

O contrato será de dois anos, prorrogável por até 60 meses,. A ideia é que o serviço funcione de terça a domingo, das 10 às 22 horas.

A Secretaria de Cultura publicou, nesta quinta (19), a licitação para exploração, por concessão de uso, do café bistrô do Cine Brasília. O contrato será de dois anos, prorrogável por até 60 meses,. A ideia é que o serviço funcione de terça a domingo, das 10 às 22 horas.

Após passar por reforma em 2013, o Cine Brasília voltou a abrigar, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro entre outras atividades. Desde setembro de 2016, o Cine Brasília também se tornou palco de concertos gratuitos, às terças-feiras, da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, o que conferiu ainda mais movimento ao local.

Licitação do café bistrô do Cine Brasília
Modelo: pregão eletrônico
Prazo: Concessão de uso por 24 meses, prorrogáveis até o máximo de 60 meses
Recebimento de propostas: até 2 de maio
Operação do serviço: de terça a domingo, das 10 às 22 horas

Fonte: Agência Brasília

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.