Começa campanha de vacinação contra a gripe no DF

Nesta primeira semana, apenas profissionais de saúde serão atendidos. Para o restante dos grupos prioritários, as doses vão ser oferecidas a partir do dia 24. Pela primeira vez, professores das redes pública e particular fazem parte do público-alvo.

A campanha de vacinação contra gripe no Distrito Federal teve início nesta segunda-feira (17). Até quinta (20), serão oferecidas doses somente para trabalhadores da área da saúde e, a partir do dia 24, começam a ser atendidos os demais grupos prioritários. O estoque ficará disponível até 26 de maio.Vacinação contra gripe teve início nesta segunda-feira (17). Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Serão vacinados contra a gripe pela rede pública de saúde:
crianças de 6 meses a 5 anos incompletos
detentos
gestantes
idosos
indígenas
jovens do sistema socioeducativo
pessoas com doenças crônicas
professores das redes pública e privada
puérperas (mulheres cujo parto ocorreu até 45 dias antes da vacina)

Os idosos que durante a campanha estiverem sem condições físicas de se deslocar até os postos de vacinação podem agendar a vacina em domicílio pelo telefone Disque-Saúde 160.

Segundo o secretário de Saúde, Humberto Fonseca, os professores foram incluídos neste ano por terem contato direto com crianças. “Eles têm maior risco de serem contaminados pelo vírus influenza e de transmitir para os alunos”, disse, em entrevista coletiva nesta segunda (17) para lançamento da campanha.
687.155Número de pessoas que formam o público-alvo da campanha contra a gripe em Brasília

Sobre a primeira semana destinada exclusivamente aos profissionais de saúde, Fonseca justificou que eles já estão nas unidades, sem necessidade de mobilização, e que é uma forma de evitar riscos para os pacientes nos dias seguintes, destinados aos outros grupos.

A campanha abrange 687.155 pessoas no DF. A meta é vacinar pelo menos 90% de cada categoria. Isso significa um crescimento em relação ao ano passado, quando esse número foi estabelecido em 80%, e foi superado.
Mobilização nacional contra a gripe em 13 de maio

A imunização ficará disponível em 130 dos 180 postos de saúde de Brasília, de segunda a sexta, das 8 às 17 horas.

Em 13 de maio (sábado), haverá o Dia D, quando, além dos postos, 20 unidades móveis estarão preparadas com as doses. Trata-se de uma mobilização nacional.

De acordo com a subsecretária de Vigilância em Saúde, Gessyane Vale Paulino, 30% da população foi vacinada no Dia D em 2016. “O estoque vem em partes para não faltar”, disse. Até o momento, o DF conta com 188 mil doses da vacina.
Campanha abrange 54 milhões de pessoas em todo o Brasil

A 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza abrange 54,2 milhões de pessoas no Brasil. O Ministério da Saúde vai adquirir, ao todo, cerca de 60 milhões de doses da medicação.

A vacina protege contra três subtipos do vírus influenza que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da Organização Mundial de Saúde (OMS). São dois do tipo A – H1N1 e H3N2 – e o influenza B.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo