Caminhada no Parque da Cidade encerra programação do Outubro Rosa

Passeata reuniu 250 pessoas na manhã deste domingo (29), com o objetivo de promover ações de combate e prevenção ao câncer de mama.

Cerca de 250 pessoas fizeram passeata no Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek neste domingo (1º), como encerramento da campanha do Outubro Rosa. A concentração para a Caminhada pela Vida teve início por volta das 8 horas no Estacionamento 13 e o evento seguiu até meio-dia.Caminhada no Parque da Cidade reuniu cerca de 250 pessoas para encerrar a campanha Outubro Rosa. 
Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Foram oferecidos serviços básicos de saúde, orientações relacionadas ao autoexame das mamas, atividades lúdicas e massagem, além de apresentação da banda Batida de Jota. Participantes do programa Pronatec Mulheres Mil – iniciativa da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso do DF (Funap-DF) que oferece cursos a detentas – colaboraram dando informações sobre cuidados.

A bibliotecária Raquel Bentes, 38 anos, foi ao parque aproveitar a programação. Ela tem câncer de mama e fez mastectomia há duas semanas. Ela conta que se recusou a fazer a mamografia quando identificou o caroço. “Quando soube do diagnóstico, a doença já estava em estado avançado.” Para a bibliotecária, campanhas de conscientização são fundamentais. “É uma forma de levar informação às mulheres e evitar que elas descubram o câncer tarde”, disse.

A secretária adjunta de Política para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Márcia de Alencar, explicou que a ideia da caminhada foi fechar o período com atividades saudáveis focadas nas mulheres, no último domingo do mês. “Assim podemos difundir o combate ao câncer e chamar a atenção para a prevenção”, comentou.

Segundo a subsecretária de Políticas para as Mulheres, Raíssa Rossiter, o trabalho da secretaria visa mudar a cultura sobre a doença. “Nosso desafio é esclarecer dúvidas das mulheres, principalmente em regiões administrativas mais carentes, onde elas tem menos informação.”

Maria do Socorro Porto, de 52 anos, mora em Brazlândia, onde estuda para ser assistente administrativa. Ela conta que foi instruída no curso a fazer o autoexame e, por isso, decidiu participar da Caminhada pela Vida. “É um incentivo para que outras mulheres saibam o que têm que fazer e vejam que estamos unidas”, defendeu.
Cuidados com o câncer de mama

A campanha do Outubro Rosa visa conscientizar sobre a importância do autocuidado e da atenção a mudanças que podem ocorrer no próprio corpo, com o objetivo de prevenir o câncer de mama.

Para prevenir, é importante que a mulher faça o autoexame. O ideal é que seja feito na semana depois da menstruação – quando o corpo está menos inchado. Para aquelas que não menstruam, a recomendação é escolher um dia fixo no mês para fazê-lo.

A orientação é que a mulher observe as mamas sempre que se sentir confortável (no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano).

Caso qualquer alteração seja identificada, deve-se procurar um posto de saúde para que um médico ginecologista faça um exame clínico das mamas e encaminhe — quando for necessário — para estudos mais detalhados, como a mamografia.

O câncer de mama pode ser percebido em fases iniciais, na maioria dos casos, por meio dos seguintes sinais e sintomas:
Nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor: é a principal manifestação da doença, estando presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria mulher
Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja
Alterações no bico do peito (mamilo)
Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço
Saída de líquido anormal das mamas

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo