Festivais valorizam mulher negra com debates, dança e shows no DF

Festival Latinidades e Conexões Urbanas oferecem shows de mulheres referência na cultura de periferia, como Vera Verônika, DJ Donna e Preta Rara. Eventos ocorrem nesta sexta e entrada é gratuita.

Grupo paulista Rimas e Melodias se apresenta no festival Conexões Urbanas, em Brasília (Foto: Yago Perez/ Divulgação)

No mês da Consciência Negra, as mulheres ganham destaque em Brasília com dois eventos que valorizam a produção feminina na arte urbana. Entre os dias 23 e 27 de novembro, a capital vai receber o Festival Latinidades e o Conexões Urbanas, com shows, debates e oficinas de dança. O ingresso é a doação de um livro, brinquedo ou alimento.

Quem dá a largada é o Conexões, que começa nesta quinta (23) com duas oficinas, uma de discotacagem e outra de empoderamento feminino (veja abaixo). Com os bolachões, a DJ Donna – uma das maiores representantes do hip-hop e a única mulher que mixa com vinil no DF – vai ensinar os primeiros passos para as mulheres que querem entrar no meio da discotecagem.

G1 Cultural entrevista três mulheres negras que fazem a diferença no Distrito Federal.

Com a bandeira do feminismo, a rapper que usa a potência da voz e das composições para revelar a realidade da mulher negra na periferia, suas forças e conquistas, Vera Verônika – a primeira MC da capital – vai conversar sobre empodeiramento. Para participar das oficinas, é preciso se inscrever pelo e-mail do evento.

Na sexta (24), vai ter aulão de dancehall – dança jamaicana – com a professora Carol Mercado e, às 22h, a programação musical do Conexões se junta à do festival Latinidades no Estádio Nacional Mané Garrincha, no Eixo Monumental.

A rapper Vera Verônika, de Brasília, faz oficina de empoderamento feminino no festival Conexões Urbanas (Foto: Vera Verônika/Divulgação)

Ambos os festivais convidam grandes representantes femininas da cultura hip-hop no DF e no Brasil, como a MC Luana Euzébia, do grupo Donas da Rua, Rebeca Realeza e Preta Rara.


A banda Rimas & Melodias, formada por Tássia Reis, Drik Barbosa, Tatiana Bispo, Karol de Souza, Stefanie, Alt Niss e DJ Mayra Maldjian, e as DJs da capital Donna e Janna, e as paulistas Simmone Lasdenas também marcam presença na pista.

A marca de roupas brasiliense Nega do Pixain faz desfile no festival Conexões Urbanas (Foto: Nega do Pixain/Divulgação).

Durante os shows haverá ainda grafite ao vivo da artista candanga Siren, apresentações de b-girls – dançarinas de break dance –, pintura corporal com Mara Santtana e desfiles de moda. Às 19h, o estilista moçambicano Pinto Música exibe os vestidos estampados que são a marca do artista ao som da cantora moçambicana Madina Givralgy Vaz. Por volta da meia-noite, é a vez da marca brasiliense Nega do Pixain tomar conta da passarela.

Conexões Urbanas

DJ Donna, de Brasília, faz oficina de discotecagem e se apresenta no festival Conexões Urbanas (Foto: Pixelizando/Divulgação).

Oficinas

Oficina de discotecagem para mulheres
Com DJs Donna (DF) e Simmone Lasdenas (SP)
Data: 23 de novembro
Local: Espaço Cultural Canteiro Central – Setor Comercial Sul Q. 3 Bl. A
Hora: Turma I (9h às 13h), Turma II (14h às 18h)
Vagas: 20 – reserva de 5 para pessoas com deficiência

Oficina de empoderamento feminino – Mulheres donas de si
Com a rapper e pedagoga Vera Verônika
Data: 23 de novembro
Local: Espaço Cultural Canteiro Central – Setor Comercial Sul Q. 3 Bl. A
Hora: 19h às 21h
Vagas: 40

A dançarina e professora Carol Mercado ministra aulão de dancehall no festival Conexões Urbanas, em Brasília (Foto: Carol Mercado/Divulgação)

Aulão de dancehall
Com Carolina Mercado
Dancehall é um dança urbana originária da Jamaica
Data: 24 de novembro
Local: Arena Conexões – Estádio Nacional Mané Garrincha
Hora: 20h
Vagas ilimitadas

Música

Arena Conexões – Estádio Nacional Mané Garrincha
Das 20h às 4h

A DJ K-Mina, de São Paulo, se apresenta no festival Conexões Urbanas, em Brasília (Foto: DJ K-Mina/Divulgação)

DJ Donna (DF)
DJ K-Mina (SP)
DJ Simmone Lasdenas (SP)
Donas da Rima
DJ Donna (DF)
Desfile Nega do Pixain (DF)
DJ Simmone Lasdenas (SP)
DJ Janna (DF)
DJ Donna (DF)
Rimas & Melodias (SP)
DJ Simmone Lasdenas (SP)

Latinidades

A rapper e professora de história Preta Rara, de São Paulo, se apresenta no Festival Latinidades, em Brasília (Foto: Preta Rara/Divulgação)

Sexta (24)

Estádio Nacional Mané Garrincha
Das 22h às 4h
A Feira Latinidades abre às 19h e funciona durante todo o evento

Desfile Afrikanus (DF)
Desfile Pinto Música (Moçambique)
Rebeca Realeza (DF)
Preta Rara (SP)
Ifá Afrobeat (BA)
Sandra Izsadore (EUA)
Zav (Moçambique)
DJ Donna (DF)

A rapper e professora de história Preta Rara, de São Paulo, se apresenta no Festival Latinidades, em Brasília (Foto: Preta Rara/Divulgação)

Sábado (25)

Encontro de Negras Jovens Feministas do Centro-Oeste
Hora: 14h 
Local: Cine Clube, Mercado Sul – Taguatinga

Segunda (27)

Histórias afrocentradas 
Com Jonathan Dutra
Hora: 14h
Local: Escola Taguatinga – Centro Ensino Fundamental 4

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo