Thaisa Silva: Somos todas margaridas que brotaram em cada canto do Brasil

Thaisa Silva: Somos todas margaridas que brotaram em cada canto do Brasil e colheremos os frutos na defesa da democracia e de nossos direitos. 

Thaisa Silva, Secretária Geral da CONTAG 

Com uma capacidade de mobilização considerada a maior do País, por comandar mais de quatro mil Sindicatos de Trabalhadores Rurais no Brasil, a CONTAG – Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares vem construindo a 6ª Marcha das Margaridas, como a maior e mais e f e t i v a ação de lutas das mulheres do campo, da floresta e das águas, contra a exploração, a dominação e todas as formas de violência e em favor da igualdade, autonomia e lberdade para as mulheres, envolvendo milhares de mulheres de todos os estados brasileiros, que acontecerá nos dias 13 e 14 de Agosto do corrente ano, em Brasília- DF. Thaisa Daiane Silva, secretária geral da CONTAG, líderança sindical é também uma das principais lideranças do PSB em Mato Grosso do Sul e do Segmento Social do PSB – o Movimento Popular Socialista. 

Thaisa Silva tem trinta anos, nasceu em Naviraí/MS, casada, agricultora familiar, estudou o ensino fundamental e médio emsua cidade natal e, desde a sua infância trabalhou na roça com a família. Trabalhou no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Naviraí-MS. Em 2010 mudou-se para o município de Jaraguari-MS, onde foi assentada com sua família pelo programa de reforma agrária e passaram a produzir horti-frutigranjeiro e a comer cia l i zar e m f ei ras , no C EA SA e no comér c i o de Campo Grande. Mais t ar d e formou-se em Serviço Social. Também estará concluindo em breve o curso de direito, em Brasília-DF. Sempre enfrentou a dupla jornada de trabalho, lutando pela defesa dos direitos das trabalhadoras e trabalhadores rurais. 

Em 2013 foi eleita secretária das mulheres na FETAGRI–MS e em conjunto com a diretoria desenvolveu um trabalho com trabalhadores e trabalhadoras rurais, através de capacitação, organização e mobilização pela terra e pela produção. Em 2017, foi eleita Secretária Geral da CONTAG, com apoio da sua federação e das federações da região centro oeste. 

Nunca exerceu função partidária e nem tinha sido filiada a qualquer partido até que resolveu neste ano a se filiar no PSB e hoje é a coordenadora nacional do Núcleo de Base Camponesa do MPS – Movimento Popular Socialista, um dos seis segmentos social do PSB, considerado a vanguarda popular do partido. 

Está muito otimista com a realização da Marcha das Margaridas, tendo as mulheres como protagonistas, que é coordenada pela CONTAG/FETAGs/Sindicatos, em parceria com várias organizações de mulheres.

A 6ª Marcha das Margaridas tem o seguinte lema: “Margaridas na luta por um Brasil com soberania popular, democracia, justiça, igualdade e livre de violência”. 

Para ela “ao longo desses anos, o Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais conquistou um conjunto de políticas públicas que estão sendo ameaçadas. Portanto, há uma necessidade de intensificar a luta pela manutenção e ampliação dos direitos dos agricultores e agricultoras familiares e sua projeção na sociedade”. Thaisa afirmou ainda que “a conjuntura política atual, apresenta para todas as mulheres trabalhadoras e agricultoras familiares do país, que é necessário desafiar padrões tradicionais que se reproduzem na sociedade brasileira, de modo a qualificar e ampliar a agenda das mulheres trabalhadoras do campo e da floresta em toda sua diversidade cultural, étnica, racial e geracional. Somos todas margaridas que nasceram em cada canto do Brasil e estaremos unidas e fortes em Brasília na defesa de nossos direitos e da democracia “, conclui. Indagada se sua filiação ao PSB era o prenúncio de uma candidatura em 2022, afirmou que: 

“não penso em fazer carreira política, mas em fazer trabalho político”. Mais adiante em sua entrevista Thaisa Silva afirmou que “estou pronta a ajudar o PSB a se organizar em todo o País, seguindo as orientações partidárias para construir um partido de quadros e de massa, nas ruas e nas redes, conforme orientação de nossos líderes Carlos Siqueira e Acilino Ribeiro”, afirmou. 

Thaisa afirmou ainda que já pensava em se filiar a um partido porque acredita que a luta institucional deve estar vinculada a luta de massa, porém sem aparelhamentos partidários nem ideológicos por parte dos partidos sobre as entidades e os movimentos sociais. Afirmou que somente na luta ideológica e no combate ao fascismo se construirá uma sociedade justa e solidária, socialista e democrática. Afirmou ainda, que escolheu o PSB por uma questão ideológica, de seu histórico político e por conhecer a história de luta de alguns de seus dirigentes e citou nominalmente Francisco Julião e Acilino Ribeiro. Julião foi o líder das Ligas Camponesas, ex-deputado federal do PSB e viveu os tempos de lutas contra o regime militar e vários anos no exilio. Acilino é outro líder que admira e por quem foi convidada a ingressar no Partido Socialista Brasileiro, foi advogado de Sindicatos de Trabalhadores Rurais, ex-superintendente do INCRA e ex- Secretário de Estado de Reforma Agrária no Piauí, quando então se aproximou da CONTAG e passou a desenvolver uma forte parceria política que culminou na aproximação política com a mesma. 

É uma líder de massa e organizadora de base popular que tem se destacado no apoio a organização do PSB em todo o Brasil e juntamente com Acilino Ribeiro, Secretário Nacional do MPS tem trazido centenas de líderes sindicais, comunitários, culturais e de movimentos sociais para o PSB onde os mesmos passaram a atuar no MPS. 

FOTO 03 – Thaisa Silva, Ricardo Ayache,
 Carlos Siqueira e Acilino Ribeiro;
Thaisa também elogiou bastante o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira e agradeceu a confiança e atenção que o mesmo sempre a atendeu, especialmente por receber com carinho os dirigentes sindicais e camponeses que tem trazido para o partido. Ela será empossada no dia 29 do corrente mês como Secretária Geral do PSB de Mato Grosso do Sul, em ato que contará com a presença de Carlos Siqueira e Acilino Ribeiro. O médico Ricardo Ayache será o novo presidente do PSB\MS. AGNOT – MSF – 26\06\19 – KG. 

Por Khatarina Garcia 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.