A enfermeira não estava escalada para a vacinação, mas passou a noite na fila para guardar o lugar dos pais | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

Os pais de Maria Fernanda Cerqueira sentiram-se felizes por receberem da filha a imunização
Agência Brsilia

Neste sábado (3), o sonho do casal Antônio José Cerqueira e Fátima Lavínia Cerqueira, ambos de 66 anos, se concretizou. Eles receberam a primeira dose da vacina contra Covid-19 com aplicação feita pela própria filha, Maria Fernanda Dias Cerqueira, que é enfermeira da Secretaria de Saúde desde 2008. Eles se vacinaram no drive-thru da Unieuro, em Águas Claras.

A enfermeira não estava escalada para a vacinação, mas passou a noite na fila para guardar o lugar dos pais. Na hora que chegou a vez deles, ela se identificou como enfermeira da Secretaria de Saúde para a coordenadora do local, que autorizou Maria Fernanda a aplicar a dose nos pais.

“Ter a oportunidade de “usar” minha profissão para estar junto dos meus pais neste momento histórico e tão esperado é maravilhoso. Acredito demais no SUS, na ciência e na vacinação. E apoio muito a gestão da Secretaria de Saúde. Tenho muito orgulho de ser profissional de saúde”, afirma.

Maria Fernanda parabenizou a organização do drive-thru da Unieuro e a rapidez após o início da aplicação das doses. Ela afirmou que este é um momento emocionante em sua carreira e está muito feliz pelos pais terem sido vacinados.

Mais 2,2 mil vagas de vacinação para profissionais de saúdeA expectativa pela vacina era muito grande, pois seu Antônio e dona Fátima estavam sendo privados de muita coisa por conta do isolamento.

“Hoje o dia é de muito orgulho, de quem nós sempre cuidamos, hoje estar cuidando da gente, nos vacinando. Eu me sinto muito feliz por ter vencido essa primeira etapa. Agora é tomar a segunda dose e ficar protegido contra essa doença”, diz emocionado o pai de Maria Fernanda.

* Com informações da Secretaria de Saúde