Foto: Reprodução/TV Web CLDF


Deputado Sardinha destacou que os Lions Clubes promovem o entendimento entre as pessoas em escala mundial, atendem causas humanitárias e promovem trabalhos voltados às comunidades

A Câmara Legislativa realizou sessão solene remota, na manhã desta segunda-feira (18), para prestar homenagem aos 104 anos do Lions International. A instituição – que tem como slogan “Nós servimos” – possui mais de 47 mil clubes em 210 países, somando cerca de 1,5 milhão de membros.

“Muita gente não sabe o que os Lions fazem. Além de homenagear a entidade, queremos mostrar sua missão: ela foi criada para servir ao próximo”, afirmou o deputado Reginaldo Sardinha (Avante), que integra a instituição e pediu a realização da solenidade. A sessão, transmitida ao vivo pela TV Web CLDF, chegou a registrar mais de 600 espectadores.

O distrital destacou que os objetivos dos Lions Clubes são: promover o entendimento entre as pessoas em escala mundial, atender causas humanitárias e promover trabalhos voltados às comunidades locais. Como exemplo da atuação dos Lions, Sardinha apontou campanha recente para ajudar a restituir a visão e prevenir a cegueira: “O esforço angariou mais de 346 milhões de dólares”.



Uma das lideranças do Lions, Fernando Luzia França apresentou a entidade como um “clube de serviços”, elencando trabalhos de voluntários em várias frentes: prevenção ao uso de drogas por adolescentes e jovens (Lions Quest); socorro a vítimas de catástrofes; ações de preservação ambiental; distribuição de cestas básicas, entre outras iniciativas.

“Trabalhamos pelo bem comum, para melhorar a qualidade de vida, complementando as atividades dos poderes constituídos”, resumiu Luiz Geraldo Matheus Figueira, ex-diretor internacional da instituição. O assessor de marketing da entidade, Wander Albuquerque Xavier, completou: “Contribuímos de várias formas diretas e indiretas. A sociedade precisa conhecer o nosso trabalho social”. Segundo ele, há 15 Lions Clubes no Distrito Federal, com 281 associados.

História

O Lions Clubs International foi fundado nos Estados Unidos, em 10 de outubro de 1917, por Melvin Jones. A entidade está no Brasil há 70 anos, conforme informou o “leão” Airton de Oliveira Pinhal. “São anos e anos de luta, a partir de um sonho que nasceu em 1917. Nossa missão é ajudar aqueles em dificuldade ou com menos oportunidades”, reforçou Pinhal.

O ex-diretor Luiz Geraldo Figueira lembrou a fundação do clube no DF: “O Lions é irmão-gêmeo de Brasília. Nascemos no mesmo dia, em 21 de abril de 1960, e tivemos como parteiro nada menos que o presidente da República, Juscelino Kubitschek, nosso sócio-fundador número 1”.

Esses e outros integrantes dos Lyons Clubes foram homenageados com moções de louvor durante a solenidade desta manhã.

Denise Caputo - Agência CLDF