Centro Legal fecha cinco hotéis irregulares em Taguatinga

Ação na manhã desta segunda-feira (5) faz parte do Viva Brasília — Nosso Pacto pela Vida, programa de segurança pública do governo do DF.

Cinco hotéis que funcionam irregularmente no centro de Taguatinga foram fechados na manhã desta segunda-feira (5), em mais uma etapa da ação Centro Legal na região administrativa. Os estabelecimentos, na C8, C9, C10 e CSA 2, estavam com a licença de funcionamento cancelada e, em alguns casos, não tinham documentação adequada e apresentavam problemas sanitários.Durante a operação, auditores da Agência de Fiscalização (Agefis) analisaram os documentos apresentados e informaram os responsáveis a respeito da interdição dos hotéis. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Os proprietários dos Hotéis Vitória, Taguatinga, Central, Carioca e Real Park já haviam sido notificados em 3 de agosto, mas, como não resolveram as pendências, foram penalizados. Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal e aSubchefia de Ordem Pública e Social, da Casa Militar, há suspeita de que os locais serviam para acobertar traficantes, além de funcionar como pontos de prostituição.

Durante a operação, auditores da Agência de Fiscalização (Agefis) analisaram os documentos apresentados e informaram os responsáveis a respeito da interdição dos hotéis. A orientação dada foi para que eles procurassem o setor jurídico da Administração Regional de Taguatinga para qualquer questionamento.Durante a ação desta manhã, cães farejadores do Batalhão de Policiamento com Cães, da PM, percorreram as dependências dos estabelecimentos. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Durante a ação desta manhã, cães farejadores do Batalhão de Policiamento com Cães, da PM, percorreram as dependências dos estabelecimentos; militares doCorpo de Bombeiros verificaram as condições de segurança; agentes da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, da pasta da Segurança Pública e da Paz Social, inspecionaram as estruturas; e servidores da Vigilância Sanitária avaliaram as questões de higiene e conservação. Onde necessário, oDepartamento de Trânsito (Detran) cuidou da alteração no fluxo de veículos.

A ação integra o Viva Brasília — Nosso Pacto pela Vida, encabeçado pelaSecretaria da Segurança Pública. O intuito do governo de Brasília é recuperar áreas por onde passam grande número de pessoas e torná-las mais agradáveis e acessíveis.
Reforço na iluminação e poda de árvores para dar mais segurança a pedestres

Além do encerramento das atividades nos quatro hotéis, a operação contemplará a poda de árvores e o reforço na iluminação de 93 pontos identificados pelaAdministração Regional de Taguatinga, medidas para dar mais segurança aos pedestres que circulam pelo lugar. Haverá ainda a reforma de calçadas acessíveis para pessoas com deficiência e pintura do alambrado que divide o canteiro central das principais vias do centro, em frente à Praça do Relógio.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo