Brasília + Jovem Candango abre inscrições em 1º de novembro

A partir de terça-feira (1º), começam as inscrições de novo ciclo do programa Brasília + Jovem Candango. São 1,6 mil vagas para adolescentes de 14 a 18 anos, matriculados em escolas da rede pública de ensino, que façam parte de famílias atendidas pelo CadÚnico (cadastro único). O site para inscrições ficará disponível no dia 1º.

Das vagas, 5% destinam-se a jovens inseridos ou egressos do sistema socioeducativo, 5% a moradores das áreas rurais do Distrito Federal, 5% a egressos do programa Bombeiro Mirim e 5% para jovens com deficiência – para esses, não há limite máximo de idade.

O Brasília + Jovem Candango promove a entrada de jovens em situação de vulnerabilidade social no mercado de trabalho, por meio de órgãos públicos do DF. Instituído em abril de 2013, pelo Decreto nº 34.316 e pela Lei Distrital nº 5.216, o programa tem como objetivos principais a garantia da permanência do jovem na escola, a capacitação e a geração de renda.

Documentação para participar do Brasília + Jovem Candango

Para se candidatar, o jovem deve apresentar documentação pessoal como CPF, RG, carteira de trabalho, comprovante de endereço, declaração ou boletim escolar, cartão do Cadastro Único e cartão do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans).

As atividades começam em 1º de dezembro e terão duração de 16 meses. Cada aprendiz receberá 2/3 do salário mínimo, além de R$ 220 de vale-alimentação, mais vale-transporte. Em média, o investimento por aprendiz é de R$ 1.047,65 por mês.

No período de contrato, além da prática, os jovens cumprem aprendizagem teórica (como auxiliar de escritório) uma vez por semana nas instituições executoras — Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi) e Obras Sociais Jerônimo Candinho (OSJC).
Agência Brasília
FOTO: AGÊNCIA BRASIL

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo