Sistema leva água potável a núcleo rural de Planaltina

Cerca de 830 pessoas foram beneficiadas com inauguração, nesta sexta-feira (10), de estrutura com 166 ligações da rede hídrica em propriedades

Cerca de 830 pessoas do Núcleo Rural Oziel Alves III, em Planaltina, receberam acesso a água potável com a inauguração, nesta sexta-feira (10), do sistema de abastecimento do assentamento. São 166 ligações da rede hídrica em propriedades.O governador Rodrigo Rollemberg e o presidente da Caesb, Maurício Luduvice. Ao fundo a caixa d’água do sistema de abastecimento. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Uma delas abastece a chácara de Ilma de Deus Passos, de 60 anos, que cuida sozinha da área de sete hectares há 15 anos. “Já passei muita dificuldade para cozinhar, beber, lavar roupa. Com o sistema, esses problemas serão resolvidos e não preciso ir buscar água para cuidar da casa, o que me ajuda na prática”, disse a agricultora.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, acionou a válvula que liberou a água e destacou a importância de manter as fontes do meio rural “A crise hídrica é um alerta para a necessidade de cuidar da terra e dos mananciais. Quando (as fontes) são preservadas pelos produtores rurais, elas têm um papel fundamental na qualidade de vida da população de Brasília.”

Proveniente de convênio entre a Companhia de Abastecimento e Tratamento de Água do DF (Caesb) e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o sistema de abastecimento custou aproximadamente R$ 875 mil.
"A crise hídrica é um alerta para a necessidade de cuidar da terra e dos mananciais"Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Para oferecer a estrutura ao assentamento rural, a Caesb construiu 19.458 metros de rede, um reservatório de 100 mil litros, uma unidade de tratamento simplificado e um poço com capacidade de produzir dez metros cúbicos por hora.

O presidente da Caesb, Maurício Luduvice, lembrou o compromisso de todos em preservar os recursos hídricos do DF. “Essa estrutura é da população daqui. Peço para que cuidem e zelem pela água potável, de boa qualidade e segura”, disse ele.

O secretário de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, José Guilherme Leal, também presente, lembrou que as famílias que vivem tão longe do Plano Piloto, como as da zona rural Oziel Alves III, normalmente são abastecidas por caminhão-pipa.

AGÊNCIA BRASÍLIA

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo