Possível sucessor biônico de Temer, Maia só é aprovado por 2% dos brasileiros

Primeiro nome na linha de sucessão, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), cotado também para substituir Michel Temer em eleição indireta, tem a aprovação de apenas 2% dos brasileiros, segundo aponta pesquisa Ipsos.

É o que informa o jornalista Ricardo Mendonça, no Valor:

“Cotado como provável candidato à Presidência da República numa eventual eleição indireta, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é um dos líderes nacionais em baixa aprovação popular. Conforme pesquisa da Ipsos feita no início do mês, só 2% dos brasileiros aprovam a maneira como ele atua no país. Outros 50% desaprovam seu desempenho. E um grande contingente (48%) não respondeu ou declarou que não o conhece o suficiente para opinar”, diz ele.

“Entre os políticos bem conhecidos, só três são numericamente piores que Rodrigo Maia no ranking de baixa aprovação: seu antecessor na presidência da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) e o senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Todos com 1% de aprovação, o que configura um grande empate técnico com os 2% de Maia. Investigados nas operações Lava-Jato e Calicute, Cunha e Cabral estão presos.”

Por: Brasil 247

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.