Metrô devolve R$ 410 a passageiros que pediram reembolso após falha no sistema

Ao todo, 82 pessoas pediram dinheiro de volta. Pane foi em mecanismo de sinalização dos trens do DF; problema começou na noite de terça.

Por Gabriel Luiz, G1 DF

Passageiros embarcam em trem lotado do metrô

O Metrô do Distrito Federal devolveu um total de R$ 410 a passageiros que desistiram de seguir viagem por causa da pane que atingiu o sistema na manhã desta quarta-feira (9). Ao todo, 82 pessoas pediram reembolso, nas estações Águas Claras, Arniqueiras, Relógio, Concessionárias e Metropolitana. O bilhete custa R$ 5.

As estações ficaram lotadas porque técnicos precisaram fazer reparos porque o sistema de sinalização tinha apresentado problema na véspera à noite. Houve retenção dos trens pra poder minimizar os impactos e evitar acidentes. O atraso na viagem chegou a 30 minutos no horário de pico. Este tempo de espera normalmente é de 3 a 5 minutos, segundo o Metrô.

O problema continuava até as 12h20. Não há previsão para que tudo volte ao funcionamento normal.

Passageiros aguardam trem na estação Concessionária, em Águas Claras (Foto: Amanda Gonzaga/TV Globo)

De acordo com a companhia, foi necessário fazer o trabalho por mais que seja horário de pico. A falha de sinalização ocorreu no ponto responsável por alinhar a rota e fazer comunicação dos trens com vias e contoles.

O problema ocorreu principalmente entre as estações Shopping e Asa Sul, mas acabaram afetando todo o sistema.


Passageiros tentam entrar em trem lotado (Foto: TV Globo/Reprodução)

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo