Equipe de ciclismo do DF nos Jogos Escolares da Juventude treina em Sobradinho II

Anna Cabral, de 16 anos, que disputará a etapa de 15 a 17 anos em Brasília, em novembro, tem aulas no Centro de Iniciação Desportiva (CID).

Os quatro representantes de Brasília do ciclismo na etapa de 15 a 17 anos dos Jogos Escolares da Juventude treinam no Centro de Iniciação Desportiva (CID) da modalidade em Sobradinho II.Anna Cabral, de 16 anos, disputará a etapa de 15 a 17 anos em Brasília. Há apenas um ano se dedicando à modalidade, a estudante aprendeu tudo — da teoria à troca de peças da bicicleta — no Centro de Iniciação Desportiva (CID). Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

A pista de treino é demarcada na área externa do centro. Os classificados têm a vantagem de se preparar em casa para a disputa, que ocorrerá em Brasília de 16 a 25 de novembro.

Para se ambientar com o local de competição, Anna Cabral, de 16 anos, vai aos domingos — ela se prepara todos os dias, sem descanso — para o Eixo Monumental e para a Praça Duque de Caxias, no Setor Militar Urbano. Os dois espaços estão entre os 21 escolhidos para os Jogos e abrigarão o ciclismo.


Há apenas um ano se dedicando à modalidade, a estudante, que cursa o 2º ano do ensino médio em uma escola particular da cidade, aprendeu tudo — da teoria à troca de peças da bicicleta — no CID.

“No ano passado, fui para os Jogos Escolares [em João Pessoa] representar o DF com uma bicicleta emprestada. Tive um resultado surpreendente e percebi que queria me dedicar e levar a sério o esporte”, conta.

Ela conquistou o 15º lugar nacional na prova de estrada. Antes, jogava vôlei no colégio e foi convidada a competir no ciclismo.

O incentivo de Rubens Dantas, de 15 anos, foi diferente. O interesse pela bicicleta veio da observação. Morador da comunidade Loberal, na Fercal, ele reparava nos ciclistas que fazem trilhas nas redondezas.

Assim, não titubeou quando teve a oportunidade de trocar de esporte. “Eu fazia CID de futebol aqui em Sobradinho. Aí o professor avisou que abriria um de ciclismo [em 2015], e fui na hora”, relembra. O atleta estuda no Centro de Ensino Fundamental Queima Lençol.

Ao lado de outros dois alunos que completam a equipe — Sarah Cabral, irmã gêmea de Anna, e Cainã Guimarães, do Centro de Ensino Médio 1 de Sobradinho —, os brasilienses competirão em duas provas: estrada e contrarrelógio.

Nesta última, vence quem fizer 500 metros mais uma volta no menor tempo. Na estrada, são 35 minutos de prova mais uma volta.

O professor da modalidade e técnico da equipe nos Jogos da Juventude, Alex Acosta, diz que os custos do esporte são altos. Por isso, os alunos contam com o apoio de empresas da região que patrocinam a iniciativa. Entre os colaboradores, há, por exemplo, lojas de bicicletas e uma clínica hospitalar.

(61) 99823-6390
Telefone de contato para fazer doações à equipe de ciclismo de Brasília nos Jogos Escolares da Juventude

Ele foi o idealizador do CID de ciclismo em Sobradinho: “Antes dava aulas de futebol, também em um CID, mas o ciclismo sempre foi uma paixão”. Por iniciativa do próprio docente, o projeto existe desde 2013 — mas foi oficializado como centro de iniciação desportiva da pasta de Educação apenas em 2015.

Os recursos que a secretaria oferece, segundo Acosta, são usados para manutenção dos equipamentos. As bicicletas, no entanto, foram adquiridas por ele no início do projeto ou doadas. Depois, há um processo para que elas sejam repassadas à pasta.

Quem tiver interesse em doar para a equipe pode procurá-lo pelo telefone (61) 99823-6390.O incentivo de Rubens Dantas, de 15 anos, foi diferente. O interesse pela bicicleta veio da observação. Morador da comunidade Loberal, na Fercal, ele reparava nos ciclistas que fazem trilhas nas redondezas. Foto: Renato Araújo/Agência Brasília
Jogos Escolares da Juventude em Curitiba

A etapa nacional dos Jogos Escolares para alunos de 12 a 14 anos começou em 12 de setembro e vai até esta quinta-feira (21) em Curitiba (PR).

A delegação brasiliense conta com 190 pessoas, sendo 158 alunos-atletas, a maioria da rede pública de ensino. Os competidores conquistaram as vagas por meio de seletiva em cada unidade da Federação.

O DF tem representantes em todas as modalidades na capital paranaense — nove individuais e quatro coletivas: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez.

Em Brasília, para os estudantes de 15 a 17 anos, além dos 13 esportes, também haverá competição de vôlei de praia. De acordo com a Secretaria do Esporte, a expectativa é que a capital federal receba mais de 3 mil alunos-atletas.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo