Motoristas enfrentam filas para regularizar licenciamento do veículo de 2017

Segundo informações de funcionários do Detran, só hoje já foram distribuídas mais de 850 senhas.
John Stan

Quem deixou para regularizar o licenciamento do veículo de 2017 nas últimas horas enfrentou filas no Departamento de Trânsito (Detran) do Shopping Popular. Motoristas procuraram a agência para resolver as pendências do documento apenas um dia antes de a fiscalização passar a valer.

O empresário Túlio Amaral, de 27 anos, contou que o documento ainda não chegou em casa, mesmo após os pagamentos. “Tive que vir buscar o ‘verdinho’, como chamam”, brinca. Ele está na fila desde às 11 horas da manhã e, quando a reportagem o entrevistou, por volta das 13h40, ainda faltava mais de 50 pessoas para ele ser atendido. 

O corretor de imóveis Vagner da Costa, 48 anos, também estava na fila desde cedo para pegar o CRLV. “Por ter faltado luz de manhã aqui os atendimentos ficaram atrasados, virou uma bola de neve”, aponta. Ele tentou entrar no site do Detran para pegar a autorização provisória para andar sem o licenciamento, mas não conseguiu. “Está fora do ar. Não consegui nem ver se as multas que eu paguei tinham dado baixa”, reclama.

Segundo informações de funcionários do Detran, só hoje já foram distribuídas mais de 850 senhas.

Comércio agradece

O Shopping Popular, que fica ao lado da antiga Rodoferroviária, é reconhecido por não ter muito movimento. No entanto, com o fluxo maior de pessoas no espaço para resolver o licenciamento dos veículos, os comerciantes do espaço comemoram o pequeno aumento nas vendas.

O dono de um quiosque de xerox e impressão de documentos, Ray Pereira, 30 anos, conta que, desde o início da semana, o shopping está mais movimentado. “Hoje o movimento está maior que nos outros dia. É ótimo, mas está complicado também porque o site do Detran está fora do ar, aí as pessoas não conseguem imprimir o licenciamento, multa, nem nada”, conta o comerciante.

Já José Ailton, de 42 anos, está contente pois sua lanchonete tem recebido mais clientes. “Desde o começo da semana o movimento aumentou por conta do Detran, então eu vou lucrar mais”, comemora. “O que mais está saindo é água. Podia ser assim sempre”, afirma o dono da lanchonete.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo