Passeio solidário movimenta Ecotrilha da Serrinha no sábado (30)

Entre os objetivos do evento estão a promoção do turismo rural e a preservação do Cerrado. No domingo (1º), o Lago Norte ganha mais uma rota ecológica, a Ecotrilha Pamonhas.

A Administração Regional do Lago Norte e o grupo Cavaleiros Solidários promoverão no sábado (30) um passeio a cavalo beneficente. O grupo sairá da Granja do Torto e passará pela Ecotrilha da Serrinha do Paranoá.Entre os objetivos do passeio solidário estão a promoção do turismo rural e a preservação do Cerrado. No domingo (1º), o Lago Norte ganha mais uma rota ecológica. Foto: Andre Borges/Agência Brasília-31.8.2017

A concentração está marcada para as 8 horas, com saída às 9 horas. O percurso de 12 quilômetros se encerra no Núcleo Rural Jerivá. A ação culminará com a doação de brinquedos e doces aos alunos da Escola Classe Aspalha.

Segundo o administrador do Lago Norte, Marcos Woortmann, o passeio é uma celebração das ecotrilhas e do patrimônio ambiental e humano da Serrinha do Paranoá.

“Ficamos felizes de receber este grupo que vem da Granja do Torto conhecer e prestigiar a paisagem, as pessoas e os roteiros que foram construídos no Lago Norte”, comenta.
"As ecotrilhas são a ligação entre todos os patrimônios que temos: turístico, ambiental, humano e cultural da Serrinha"Marcos Woortmann, administrador regional do Lago Norte

Ele espera que a iniciativa se repita no DF. “Esperamos que seja o primeiro passeio de muitos que contribuirão para o desenvolvimento das ecotrilhas como roteiro não apenas de ecoturismo, mas também de turismo rural e da preservação do Cerrado”, acrescenta.

O Lago Norte ganha no domingo (1º) mais uma rota ecológica, com a inauguração da Ecotrilha Pamonhas. A turma do pedal fará o trajeto na região da Serrinha do Paranoá, com nível médio de dificuldade e 18 quilômetros de extensão.
Orientações sobre fauna e flora do Cerrado

O ponto de encontro será no Posto Colorado, na BR-020, em frente à pamonharia do local, a partir das 8h30. A trilha está sinalizada, e o visitante encontrará diversas árvores identificadas com nome científico e placas com explicações em fotos e texto sobre espécies da fauna e da flora.

O trabalho é fruto de parceria entre a Administração Regional do Lago Norte, o Instituto Oca do Sol, a Fundação Banco do Brasil, o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMbio) e grupos de escoteiros e de pedal.

Por meio do projeto, já foram inauguradas quatro trilhas neste ano. “Elas são a ligação e a conexão com todos os patrimônios que nós temos: turístico, ambiental, humano e cultural da Serrinha”, comemora o administrador.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo