DF traz 20 medalhas dos Jogos Escolares da Juventude em Curitiba

Do total, sete foram para alunas-atletas judocas, como Fabiane de Oliveira Pires, do CEF 17, que competiu na etapa paranaense do torneio em setembro.

Brasília ficou com 20 medalhas na primeira etapa dos Jogos Escolares da Juventude, em Curitiba (PR), para competições de alunos de 12 a 14 anos. Foram cinco de ouro, sete de prata e oito de bronze. As disputas ocorreram de 12 a 21 de setembro.Aluna do CEF 17 de Taguatinga, Fabiane de Oliveira Pires, de 12 anos, ganhou duas medalhas no judô nos Jogos Escolares da Juventude. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Do quadro de medalhas, sete foram para o judô. Dessas, Fabiane de Oliveira Pires, de 12 anos, do Centro de Ensino Fundamental 17, de Taguatinga, levou duas: uma de prata pela competição em equipe e outra de bronze na categoria individual.

Nos Jogos de 2016, a estudante judoca já havia faturado uma medalha de bronze pelo torneio em equipe. “É muito gratificante. Quero me esforçar para conquistar mais prêmios e participar de mais jogos”, conta Fabiane.

Para isso, a rotina de treino inclui uma hora e meia de funcional, de segunda a sexta-feira, para fortalecimento muscular, seguida de mais uma hora e meia de judô.

Sem conhecimentos sobre modalidades esportivas, Fabiane procurou aulas da luta para descobrir se ela a agradaria. “Eu queria praticar algum esporte e gostei do judô de cara. Nem pensei em procurar outras coisas.”

O instrutor, Carlos Roberto Oliveira, diz que a aluna-atleta é um prodígio na arte marcial: “Ela entrou em competição com apenas seis meses de treino em 2016, e, de lá para cá, o posicionamento dela nas disputas melhorou”. No ano passado, no individual, Fabiane ficou em quinto lugar; agora, em 2017, terminou em terceiro, exemplifica o treinador do Serviço Social da Indústria (Sesi).
Jogos em Brasília serão de 16 a 25 de novembro

Depois das competições em Curitiba, Brasília sediará, de 16 a 25 de novembro, a fase dos estudantes de 15 a 17 anos.

Na capital paranaense, o Distrito Federal teve representantes em todas as modalidades — nove individuais e quatro coletivas: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez.

Em Brasília, para os competidores de 15 a 17 anos, além dos 13 esportes, haverá partidas de vôlei de praia. De acordo com a Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer, a expectativa é que a capital federal receba mais de 3 mil alunos-atletas.

Desde 2005, quando o Comitê Olímpico do Brasil (COB) assumiu a frente dos Jogos Escolares da Juventude, Brasília recebeu as duas primeiras edições.

Para a etapa de 2017, serão investidos pelo comitê cerca de R$ 8 milhões e utilizados 16 hotéis da cidade, com reserva de aproximadamente 27 mil diárias.


© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo