MST, taxistas e indígenas fazem manifestações na Esplanada dos Ministérios

Divulgação

Três manifestações ocorrem em paralelo na Esplanada dos Ministérios, na manhã desta terça-feira (17). Integrantes do MST, motoristas de táxis e indígenas reivindicam interesses distintos. De acordo com a Polícia Militar, os movimentos seguem pacífico e, até o momento, não interferiram no trânsito, que segue fluindo normalmente.

MST

Divulgação

Cerca de 1000 trabalhadores rurais Sem Terra, segundo os organizadores, ocupam o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. A Polícia Militar contabiliza a participação de 400 manifestantes. Eles denunciam o desmonte da polícia de Reforma Agrária e reivindicam a restituição de seus orçamentos.

“Queremos pressionar o Governo Federal para restabelecer com prioridade o orçamento da política agrária”, afirma Atiliana Brunetto, membro da coordenação nacional do MST. Segundo ela, os trabalhadores querem “o descontingenciado do orçamento de 2017 e a recomposição para o de 2018”.
O Ministério do Planejamento informou já ter tomado as medidas cabíveis e solicitou, por meio da Advocacia-Geral da União (AGU), liminar de reintegração de posse à Justiça. A portaria foi bloqueada pelos manifestantes, impedindo servidores de ingressarem no prédio. Um funcionário tentou forçar a entrada no prédio e foi impedido pelos manifestantes e pela Polícia Militar.

Taxistas

Aproximadamente 350 taxistas de todo o Brasil, segundo a Polícia Militar, estacionaram em duas faixas das vias S1 e N1, próximo ao Congresso Nacional. Eles cobram a regulamentação dos aplicativos de transporte como Uber e Cabify. Os motoristas fizeram uma carreata, saindo do Aeroporto de Brasília até a área central de Brasília, onde estão estacionados desde então.

Indígenas

Dois ônibus transportando ao menos 70 índios 

partiram do Jardim Ingá (GO) para a área central de Brasília, por volta das 7h desta terça. Por volta das 12h, eles ocupavam o anexo 2 da Câmara dos Deputados para acompanhar matérias de interesse indígenas nas comissões.Divulgação

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo