Polícia Rodoviária Federal quer reduzir acidentes nas estradas

Fiscalização vai combater excesso de velocidade e uso de álcool por motoristasArquivo/Agência brasil

Para intensificar a fiscalização nas estradas federais de todo o país no feriado prolongado de fim de ano, a Polícia Rodoviária Federal (PFR) iniciou ontem (22) – em todo o país – a Operação Integrada Rodovida.

A meta é reduzir os acidentes nas estradas federais. O lançamento oficial ocorreu às 9h, no Posto da PRF em Anápolis, em Goiás.

A operação priorizará ações integradas e simultâneas, envolvendo agências de fiscalização “com atuação coordenada visando somar forças no enfrentamento à violência no trânsito e na redução dos custos sociais decorrentes”.

A operação seguirá até 18 de fevereiro e abrangerá o período das férias escolares, festas de Natal, Ano Novo e Carnaval, feriados marcados pelo aumento no fluxo de veículos e de passageiros.
Números

Na última operação Rodovida, entre 16 de dezembro de 2016 e 31 de janeiro de 2017, e de 17 de fevereiro de 2017 a 5 de março de 2017, foram fiscalizadas no país mais de um milhão e meio de pessoas, o que resultou em 588.067 autuações, sendo 8.551 de alcoolemia, 66.774 ultrapassagens irregulares e 4.783 de falta de uso de cadeirinha.

A fiscalização sobre o excesso de velocidade resultou em 521.877 flagrantes de motoristas.

Na rodovia Rio-Teresópolis, no estado do Rio de Janeiro, a concessionária CRT iniciou hoje esquema especial de plantão para o Natal, o que se estenderá até a noite de segunda-feira (25). Durante as festas natalinas, 157 mil veículos devem passar pela estrada.

Para facilitar o escoamento do trânsito, as obras em andamento ao longo da rodovia serão suspensas no período.
Operação Lei Seca é iniciada no Rio

Neste fim de ano, desenvolvida pelo governo do estado do Rio, a Operação Lei Seca vai intensificar a fiscalização e aumentar o cerco a motoristas que dirigem sob efeito de álcool.

A operação começa hoje por conta das festas de Natal. Segundo informações do governo estadual, 250 agentes participarão. Serão realizadas 98 operações no período do Natal e do Reveillon, envolvendo o Rio de Janeiro e o interior do Estado.

Hoje e nos dias 22, 23, 24 e 25 e 29, 30, 31 de dezembro e 1º de janeiro, também ocorrerão ações educativas com agentes cadeirantes da Operação Lei Seca. Eles percorrerão regiões importantes da cidade como Rodoviária, bares, praças de pedágio e locais turísticos como a praia de Copacabana, a Lagoa Rodrigo de Freitas e a Lapa para alertar a população sobre os riscos da mistura do álcool com direção. E reforçarão a mensagem “Nunca dirija depois de beber”.

A circulação de pessoas e o trânsito neste período de festas são intensos. Segundo o coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Marco Andrade, as equipes atuarão nas regiões de maior fluxo de veículos em todo o Estado do Rio.

“A chegada do fim de ano é um bom momento para refletir sobre nossas atitudes. Além de um problema de saúde pública, a segurança no trânsito é responsabilidade de todos, e o Rio de Janeiro vem dando bons exemplos ao país”, disse.

Segundo ele, “o número de pessoas flagradas alcoolizadas ao volante caiu 43% desde que a operação Lei Seca foi iniciada em 2009”.

© Espaço Mulher DF - 2013 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo